Máscaras Faciais coloridas para profissionais de estética

“Para mim, máscaras faciais tem que ser coloridas!”

Máscaras facial coloridas com corante natural

Primeiramente, na escolha de uma máscara facial, a cor é um dos principais atributos observados pelos profissionais de estética. Ela não traz nenhum benefício específico para o tratamento, porém, os profissionais sabem que as cores exercem influência sobre as emoções e estão diretamente relacionadas ao comportamento dos clientes, influenciando até na divulgação do seu próprio trabalho. Isso porque os clientes gostam de postar fotos nas redes sociais usando as máscaras coloridas, o que de certa forma gera um marketing.

De fato, usar uma máscara que faça o cliente se envolver na experiência, tirar fotos e postar é um fator muito importante. Depois, a sensação de sedosidade e maciez que fica na pele completa a experiência.

Por outro lado, essa experiência também pode ser negativa para algumas pessoas, pois os corantes e pigmentos são potenciais alergênicos. Somados a isso, o ritmo agitado e estressante de vida e o contato cada vez maior com substâncias poluentes têm aumentado a frequência de pessoas que se queixam por apresentar sensibilidades na pele. Portanto, máscaras cheias de corante podem sim se tornar um produto muito sensibilizante. 

O fato é que essas situações são reais e acontecem diariamente na vida dos profissionais de estética. Desta forma, o profissional fica diante de um dilema entre o uso de uma máscara facial colorida e o risco de ela causar alguma sensibilidade nos clientes.

Pensando nessas situações, a Extratos da Terra acaba de lançar as biomáscara. É uma novidade para que os profissionais não tenham mais dúvidas se vão escolher uma máscara com ou sem cor. 

As biomáscaras são atrativas e coloridas, desenvolvidas com ingredientes da biodiversidade brasileira. Além disso, não causam irritação à pele, pois não possuem corantes artificiais. Ficou interessada em saber mais? 

Então, confira este lançamento!

Máscaras faciais coloridas, desenvolvidas com a biodiversidade brasileira

Com as novas máscaras da Extratos da Terra, os profissionais de estética podem oferecer a experiência que desejam a seus clientes sem deixar de lado a essência do cuidado, o que faz toda a diferença.

As novas máscaras faciais coloridas contém ingredientes que valorizam o que é nosso, as riquezas naturais do nosso país e a nossa biodiversidade. As máscaras receberam cor, mas os ingredientes são de origem natural, sem adição de quaisquer pigmentos ou corantes artificiais 

3 biomáscaras faciais coloridas

A grande novidade são as 3 máscaras faciais coloridas: a Bioiluminadora, Biovitamínica e a Biodetox.

Todas possuem a combinação da geoterapia com bioativos nacionais

Além disso, essas máscaras têm ainda outro fator importante: elas também são indicadas para outras regiões do corpo. Dessa forma, possibilita ao profissional de estética diversificar os seus tratamentos em cabine com as mesmas máscaras que utiliza nos procedimentos faciais. No decorrer do texto, daremos dicas preciosas de como proporcionar novas experiências e obter novos clientes com essas máscaras.

Antes de falar sobre os detalhes de cada uma das novas máscaras, vale lembrar que todas elas têm uma textura leve, delicada e refrescante. Portanto, pode ser usada em todos os tipos de pele.

Sua composição proporciona uma sensação de leve aquecimento em algumas pessoas, o que na verdade é a máscara tensionando a pele. O cliente perceberá que algo está acontecendo, que o produto está fazendo efeito, e  vai adorar ter essa sensação na pele! 

Agora vamos ver os detalhes e os benefícios de cada uma das máscaras?

Máscara Biodetox

Como o próprio nome sugere, é uma máscara detox, mas está longe de ser uma simples máscara desintoxicante. Ela é biofuncional, fazendo uma limpeza fisiológica da pele e do couro cabeludo. 

Máscara Biodetox, facial e capilar

Isso mesmo, a Máscara Biodetox é um produto que pode diversificar os seus tratamentos faciais e capilares, trazendo benefícios tanto para a pele quanto para o couro cabeludo. 

Possui em sua composição carvão ativado, extrato de jabuticaba e argila preta. Esses ingredientes proporcionam a detoxificação da pele e do couro cabeludo. Ela age como um ímã que absorve as toxinas, o excesso de oleosidade e os resíduos indesejados. 

Por favorecer essa desintoxicação, a máscara fortalece a barreira de proteção da pele, aumentando a oxigenação e a nutrição do tecido. Também combate o excesso de radicais livres que promovem o fotoenvelhecimento. Além disso, traz benefícios no controle da oleosidade, comedões e acnes

No cabelo, a Máscara Biodetox limpa profundamente, desobstruindo os folículos e promovendo uma microesfoliação no couro cabeludo que estimula a circulação sanguínea local. Com essa ação, a máscara propicia uma revitalização capilar e mais força e resistência aos fios para crescerem fortes e saudáveis. 

Além disso, seu visual na cor preta vibrante é de encher os olhos!

Máscara Biovitamínica

A Máscara Biovitamínica é um verdadeiro suplemento vitamínico, enzimático e mineral para a pele. É rica em vitaminas do complexo B, C, A, D, E e F, além de flavonoides e de nutrientes, estimulando a renovação e a revitalização da pele.

Tem ação antioxidante e antipoluição, que fortalece o sistema de defesa da pele, e ação enzimática, que favorece a renovação e a revitalização celular. 

Máscara Biovitamínica facial e corporal

Os ingredientes da Máscara facial colorida Biovitamínica são o extrato de frutas tropicais e a argila amarela. Entre as frutas estão a laranja, o limão, a tangerina, o abacaxi e o maracujá, todas frutas de clima tropical, como temos aqui no Brasil.

A textura é leve, sendo indicada para qualquer tipo de pele. Além da essência que encanta, a máscara possui a cor dourada da argila amarela, que remete à elegância sem excessos, aliando o poder do dourado ao equilíbrio da natureza. 

Outro diferencial dela é o seu uso. Ela pode ser associada a qualquer tratamento facial ou corporal de revitalização, renovação celular e hidratação, pois age como um suplemento para a pele. Além disso, devido à sua ação enzimática, a Máscara Biovitamínica tem excelentes resultados em peles oleosas e queratinizadas, inclusive podendo usá-la antes da emoliência em limpezas de pele. Dessa forma, o profissional pode personalizar e diversificar um tratamento comum que é a limpeza profunda da pele.

Nos tratamentos corporais, uma dica é usá-la na revitalização dos seios e nos tratamentos do colo e das mãos. 

Máscara Bioiluminadora

A Máscara Bioiluminadora tem efeito clareador por inibir a produção e a transferência de melanina para as células, diminuindo assim a formação de marcas escuras na pele. 

Os ingredientes da máscara são biocompatíveis com a pele, sendo eles a argila bege e os extratos de coco e de abacaxi. Esses componentes são ricos em vitamina C, pró-vitamina A e vitaminas do complexo B, com forte ação antioxidante e enzimática. 

Bioiluminadora facial e corporal

A ação antioxidante se deve à presença de vitaminas que neutralizam os radicais livres. Já a ação enzimática auxilia na renovação celular e na diminuição das marcas escurecidas da pele, conferindo-lhe um efeito iluminador e clareador. 

As vitaminas e os minerais presentes na máscara têm ainda ação anti-inflamatória e antipoluição, protegendo e fortalecendo a barreira de proteção. Consequentemente, diminui a incidência de novas marcas escuras. 

A máscara tem textura leve, indicada para qualquer tipo de pele, tanto para tratamento no rosto como no corpo. No corpo a indicação são regiões como colo, mãos, virilha e axilas, deixando a pele mais clara e iluminada logo após a aplicação. 

Máscaras coloridas para diversificar e personalizar os tratamentos em cabine

Este lançamento veio para auxiliar o profissional de estética que tem na sua essência o cuidado com o cliente em primeiro lugar, entregando uma experiência prazerosa e sem limitações.

As novas máscaras faciais coloridas têm uma textura apaixonante, que estimula sentidos como:

  • Visão (é bonita pela textura colorida)
  • Olfato (possui uma deliciosa fragrância)
  • Tato (deixa uma sensação extremamente agradável na pele).

Os ingredientes remetem à biodiversidade do nosso país e têm um perfeito equilíbrio para atender a todos os tipos de pele dos brasileiros. 

PortantoAs máscaras trazem os benefícios milenares da geoterapia, incorporados em uma formulação diferenciada, de fácil aplicação e remoção. Além dos efeitos benéficos proporcionados à pele, as argilas trazem as cores vibrantes e de origem natural. Isso propicia o colorido das  máscaras sem causar irritação ou sensibilidade, efeito comum dos corantes e pigmentos artificiais. 

Indicação de uso

Além disso, o uso das máscaras não se limita apenas ao rosto, indicada para uso no couro cabeludo também, como é o caso da Biodetox, e em regiões do corpo, como a Biovitamínica e a Bioiluminadora, o que aumenta as possibilidades de tratamentos em cabine, oferecendo novidades aos clientes. 

Outro detalhe a ser observado é o custo-benefício, pois o rendimento médio é de 61 aplicações por máscara, o que possibilita diversificar o uso. As máscaras também possui um tamanho ideal para atender a todos os estilos de profissionais, desde aquele que gosta de diversificar os protocolos com uma máscara diferente em cada sessão até o que elege uma determinada máscara como sua queridinha. 

As máscaras também atendem muito bem aqueles profissionais que não trabalham exclusivamente com tratamentos faciais. Portanto aumenta as opções de produtos para protocolos personalizados nos cuidados do couro cabeludo e do corpo. 

Conheça agora mesmo as novas máscaras profissionais da Extratos da Terra e se encante! 😉

Diferenças entre creme de base vegetal e creme de base mineral

O creme de base vegetal é hoje uma das bases cosméticas mais compatíveis com a pele, ou seja, consegue ser mais eficaz quando comparado aos cremes que possuem óleo mineral na composição.

Vamos entender por que essas bases são melhores e trazem inúmeros benefícios para a pele. Mas primeiro vamos saber ao certo o que é uma base cosmética. 

Bases cosméticas são, por exemplo, os séruns, gel, gel-creme, loção ou creme. Esse tipo de base se refere à forma como o cosmético é feito.

É na base que são introduzidos os ingredientes ativos que fazem com que o produto tenha uma ação específica em disfunções como celulite, estrias, rugas e linhas de expressão, entre outros. 

Como um creme age na pele

Para um produto ter efeito na pele, ele precisa primeiro conseguir penetrar em suas camadas. Contudo, a dificuldade de um produto permear a pele é grande, isso porque ela tem a função de bloqueio para que substâncias do ambiente externo não consigam atravessá-la, evitando doenças ou outros problemas. 

Desse modo, a melhor forma de fazer com que um produto permeie a pele é buscando opções que sejam compatíveis com ela. Isso quer dizer que é preciso escolher produtos que façam a pele entender que eles já são substâncias naturais dela, e não elementos intrusos. 

As bases vegetais fazem exatamente isso. Elas possuem componentes idênticos aos que temos naturalmente em nossa pele. Então, quando aplicamos um creme de base vegetal, a pele entende como se fosse uma substância natural dela e não bloqueia a entrada desse produto. 

Dessa forma, ao permear a pele, esses componentes se juntam a ela e não são mais removidos quando lavamos, por exemplo. Isso faz com que essas bases continuem agindo na pele, hidratando-a por longos períodos.

ação do creme de mãos
Imagem ilustrativa de creme de base vegetal na pele, reconstruindo a barreira de proteção.


Além disso, depois de permear a pele, os ingredientes ativos que são carregados pela base vegetal agirão em lugares específicos. Dependendo do tipo desses ativo, eles vão agir nas camadas mais superficiais ou profundas, como no caso de ativos nanoencapsulados.

Qual a diferença entre o creme de base vegetal e o creme com óleo mineral?

Ao contrário do creme de base vegetal, que possui componentes semelhantes ao já existentes naturalmente na pele, o creme que possui óleo mineral aciona o bloqueio natural de proteção, pois o óleo mineral é uma substância estranha e intrusa ao corpo. 

Com isso, o óleo mineral formará uma película oclusiva sobre a pele, dificultando a perda de água que está dentro da pele para o exterior, o que evita a desidratação.

Após o uso do creme de mãos
Imagem ilustrativa mostrando a formação de película e barreira oclusiva

Essa película oclusiva cria uma falsa sensação de hidratação e também constitui um efeito passageiro, isso porque o óleo mineral impede que a água que está na pele evapore, porém não restaura a hidratação natural da pele nem a barreira de proteção. Assim, quando a pele é higienizada, essa película formada pelo óleo mineral é removida, e a pele volta a ficar desprotegida. 

Por outro lado, os cremes de base vegetal hidratam a pele de verdade, já que seus componentes são os já existentes na pele, recuperando a hidratação natural e restaurando a barreira de proteção mesmo depois da lavagem. 

Outra diferença é que, por constituir uma camada oclusiva, o óleo mineral também pode bloquear os poros da pele e dificultar a respiração. Esse fato, pode ocasionar problemas como cravos e espinhas. Por isso, é importante evitar óleo mineral na composição dos produtos, principalmente os faciais.

Qual escolher então?

Diante dessas diferenças, fica claro que os cremes de base vegetal são produtos mais modernos que trazem muitos benefícios à pele. Porém, esses produtos são caros, pois os componentes têm tecnologia mais avançada. Esse é o principal motivo de ainda encontrarmos no mercado muitos produtos com óleo mineral em sua composição. 

O importante é sempre avaliar qual o objetivo com o uso de um determinado produto. Para conseguir esse objetivo, é necessário um produto mais compatível com a pele ou um produto com óleo mineral trará o resultado que se espera?

Por exemplo, se você não deseja uma permeação muito profunda dos ativos e se a pele não precisa de uma hidratação extra, os produtos com óleo mineral podem valer o custo/ benefício. Por outro lado, se você precisa recompor a barreira de proteção da pele para restaurar a hidratação e ainda se deseja uma permeação mais profunda dos ativos, a base vegetal é a ideal. 

Cremes vegetais da Extratos da Terra

Em 2013, a Extratos da Terra lançou uma linha chamada Pro Vegetal. Aqueles novos produtos não se encaixavam nos conceitos de produtos convencionais, naturais ou orgânicos, e por isso criamos o conceito de “cosmético vegetal”.

Não se tratava de produtos convencionais porque não eram produtos comuns. Igualmente não eram produtos naturais, pois suas matérias-primas não passavam somente por processos físicos ou químicos simples, mas também por processos tecnológicos para extrair o melhor dos compostos vegetais. Do mesmo modo,  não eram produtos orgânicos, visto que as suas matérias-primas não têm certificação de orgânicos.

Esses produtos eram muito mais do que isso, oferecendo benefícios como:

  • Produtos com base tecnológica vegetal
  • Bases biocompatíveis com a pele
  • Veganos: não possuem ingredientes de origem animal e não são testados em animais (aliás, nenhum produto da Extratos da Terra é testado em animais)
  • 95% dos ingredientes são provenientes de fonte vegetal
  • Ingredientes certificados com o selo Ecocert
  • Livres de ingredientes derivados de petróleo, como óleo mineral, silicone e propilenoglicol
  • Com conservante eficaz e seguro, livre de parabenos 
  • Livres de óleo mineral, contêm somente óleos vegetais
  • Com componentes biodegradáveis que não agridem o meio ambiente
  • Livres de esfoliantes de polietileno
  • Livres de ingredientes que podem causar risco de sensibilidade à pele, como corantes

A partir de então, estabelecemos o termo “base vegetal” e, sempre que possível, passamos a desenvolver os produtos seguindo esse conceito. Até hoje, somos a única empresa com uma linha inteiramente vegetal de produtos profissionais.

Produtos Extratos da Terra com base vegetal
ícone produto de base vegetal

Vários produtos da Extratos da Terra possuem base vegetal, e você pode identificá-los no nosso site pelo selo vegetal, que estará nas imagens dos produtos (imagem ao lado). 

As embalagens dos produtos estão passando por atualizações, e o selo de base vegetal com o tempo também estará impresso nas embalagens, assim fica mais fácil identificar esses produtos. Esse processo ainda vai demorar um pouquinho para estar completo, mas ele já está acontecendo 😉

ícone livre de óleo mineral

Também possuímos produtos que não se enquadram na categoria de base vegetal, mas que não têm óleo mineral na composição. Esses produtos livres de óleo mineral podem ser identificados com o símbolo de livre de óleo mineral, como o da imagem ao lado.

Você já sabia da diferença entre cremes de base vegetal e base mineral?