Arquivo da categoria: Saúde

Queda de cabelo pós-covid: mito ou verdade?

A queda de cabelo pós-covid é um relato cada vez mais comum em pessoas que apresentaram sintomas provocados pelo coronavírus. Vários estudos estão mostrando que esse sintoma é verdadeiro, mas o real mecanismo que leva à queda do cabelo ainda não está completamente desvendado.

Por exemplo, o estudos de Lopez-Leon e colaboradores, publicado em janeiro de 2021, apontam que 25% das pessoas que apresentaram sintomas da covid-19 têm problemas de queda após a doença.

queda de cabelo

Segundo os pesquisadores, a queda de cabelo é um dos 5 sintomas de longo prazo mais comuns por conta da doença (sintomas que aparecem ou persistem após a recuperação).

 Neste blog, vamos abordar algumas dúvidas em relação a esse assunto.

Por que os cabelos caem após a doença?

Primeiramente, a causa da queda do cabelo pós-covid ainda não está 100% definida. Mas se acredita que decorre do que os médicos chamam de eflúvio telógeno. 

O eflúvio telógeno é quando o cabelo que está em fase de repouso tem esse ciclo acelerado (quando o fio para de crescer e se prepara para cair, sendo trocado por um novo fio). Em outras palavras, é como se o tempo de vida do fio durasse menos do que o normal e, com essa fase acelerada, mais cabelos caem. 

Os especialistas revelam que essa queda acentuada é causada pela inflamação nos folículos pilosos. Assim como ocorre em outras doenças como dengue, chikungunya e zika, além de episódios de estresse, perda de peso, deficiência nutricional e pós-parto.

No caso da covid-19, a Sociedade Brasileira de Dermatologia do Rio de Janeiro (SBDRJ) declara que essa queda pode estar relacionada:

  • Á própria infecção
  • Ás medicações utilizadas no combate à doença
  • Ao estresse emocional nessa fase de isolamento social

Além disso, outros estudos mostram que, em resposta à infecção por covid-19, o corpo diminui a concentração de proteínas anticoagulantes, podendo levar à formação de microtrombos. Em consequência disso, reduz o acesso de sangue ao folículo piloso (onde o fio de cabelo é produzido), deixando os fios mais fracos e provocando sua queda antecipada.

Estudos ainda apontam a alopecia como um sintoma pós-covid, mas nesse caso a covid parece ser um gatilho para o aparecimento do quadro, já que a alopecia está mais ligada à predisposição genética. 

Quanto tempo após a recuperação da covid-19 os cabelos começam a cair?

Em primeiro lugar é importante saber que esse tempo de surgimento do sintoma varia muito de um caso para outro. Mas os relatos apontam de 3 semanas a 3 meses após o diagnóstico da doença. 

Quanto tempo dura a queda de cabelo pós-covid?

A princípio, em média de 3 a 6 meses após o diagnóstico da doença. Após esse período os cabelos tendem a voltar ao normal, desde que não exista uma tendência genética para alopecia ou outro fator envolvido na queda.

Por outro lado, no caso de existir uma tendência genética para a alopecia e o covid ser um gatilho inicial para desenvolver esse quadro, os fios vão ficando cada vez mais finos. 

É importante também lembrar que a deficiência de ferro e de vitaminas pode prolongar essa fase de recuperação, e por isso é importante consultar um especialista para um diagnóstico mais preciso e também para investigar se outros fatores não estão envolvidos na queda dos fios. 

Tratamento tópico para queda de cabelo

O tratamento para queda de cabelo devido ao covid é o mesmo que os já usados normalmente. Ainda não se sabe se existe algum mecanismo específico do vírus que induz o aumento da queda, por isso o tratamento segue a indicação usual e já conhecida.

Por exemplo, um tratamento tópico para queda que faz a reposição de vitaminas no folículo é o Tônico Nano Hair. Esse tônico segura o fio por mais tempo no couro cabeludo, diminuindo a queda e também fortalecendo o fio, deixando-o mais espesso.

O Tônico Nano Hair possui um blend de vitaminas de que o cabelo necessita para crescer saudável e normalizar o ciclo de vida capilar. Entre os componentes, estão aminoácidos, vitaminas do complexo B e proteínas como:

Nano Hair para queda de cabelos
  • Extrato de ginseng
  • Arginine
  • Sais de zinco
  • Niacinamida
  • Biotina
  • Glucosaminas

Dessa forma, para saber mais sobre o Nano Hair e como ele funciona, confira o blog – Nano Hair: vitaminas para queda dos cabelos. 

Então, se você gostou do conteúdo ou tem alguma dúvida? Deixe o seu comentário aqui que nós respondemos para você 😉

O tratamento na Medida Certa para sua cabine

Hoje em dia o procedimento mais procurado em clínicas estéticas e até mesmo cirúrgicas é a redução de gordura localizada, não é mesmo? Independentemente do tratamento a ser feito, o objetivo é o mesmo: diminuir a numeração das roupas.

Sabemos o quão importante é o processo de redução para a saúde física e/ou emocional. Sabemos também o quanto é possível melhorar a autoestima com uma simples passada no espelho quando você vê algo que te faz se sentir bem consigo mesma. O problema é que nem sempre esse processo é rápido e fácil. Quando optamos por tratamentos estéticos para redução de medidas, usamos técnicas de massagem com cosméticos que vão favorecer a quebra das moléculas de gordura do organismo por meio de um mecanismo conhecido como lipólise. O resultado dessa quebra de gordura é a formação de energia. Por isso, é indicado fazer exercício físico, principalmente pós-procedimento.

Pensando nisso, a Extratos da Terra desenvolveu o Protocolo Medida Certa, uma perfeita combinação de produtos com ativos liporredutores de alta tecnologia e aplicação alternada, conferindo assim estímulos diferentes na semana  para se obter um melhor resultado em cabine.  

A proposta desta abordagem é a aplicação de protocolos diferentes na mesma semana. A ideia é semelhante àquela adotada em treinos nas academias. Quem frequenta a academia normalmente tem uma sequência e graus de dificuldade dos exercícios alternada entre uma semana e outra para que o corpo não se acostume e para que o gasto energético seja maior. Essa teoria é embasada em estudos como os da Universidade de Loughborough, onde os investigadores confirmaram que, à medida que o corpo se adapta ao exercício, o metabolismo em descanso fica mais lento, e não mais rápido. Em outras palavras, isso quer dizer que, quando o corpo se acostuma a uma rotina de exercícios ou tratamentos estéticos, a perda de peso ou de medidas fica mais difícil em vez de se tornar mais fácil.

Quando você realiza os mesmos procedimentos todas as sessões, o corpo passa a se acostumar com os mesmos estímulos e frequências, passando a entender aquilo como algo normal, como uma rotina, e não vê mais como um estímulo que deva ser superado. Como consequência, a redução de medidas vai ficando mais lenta. A solução então é alterar entre um protocolo e outro, assim o corpo não se adapta aos mesmos estímulos nem aos mesmos cosméticos, reconhecendo que está sendo realizado algo novo.

Pensando nessa diferenciação, o Protocolo Medida Certa, trabalha diferentes estímulos e diferentes meios para redução, alternando entre um tratamento em um dia com nanopartículas, que propicia uma penetração de ativos mais elevada, e em outro dia trabalhando com o uso de cosméticos termogênicos. Sendo assim, esse tratamento foi dividido em duas partes. Alterna-se a parte 1 na primeira sessão da semana e a parte 2 na segunda sessão da mesma semana, e assim sucessivamente. Por exemplo, se a cliente comparece em cabine nas segundas e nas quintas, nas segundas ela receberá o Medida Certa parte 1 e nas quintas o Medida Certa parte 2.

O protocolo Parte 1 tem a tecnologia de nanoencapsulados que penetra nas camadas mais profundas da epiderme, ultrapassando o alcance de produtos convencionais. Ele proporciona a liberação gradativa do ativo da fórmula, com duração de no mínimo 8h após a sua aplicação. Já o protocolo Parte 2 possui produtos lipotérmicos que ativam a microcirculação e promovem o aquecimento da pele. Nessa parte o protocolo estimula a lipólise e reduz medidas.

Vale lembrar da indicação do produto para uso em casa, o Home Care, que potencializa em média 40% do resultado em cabine. Ficou curiosa para  conhecer esse protocolo? Então, corra e baixe agora mesmo! É só clicar aqui. 🙂

Conheça e teste os benefícios dos produtos desenvolvido pela Extratos da Terra em nosso site, extratosdaterra.com.br ou em um de nossos distribuidores.

Experimente!

 

A importância de uma pele limpa e livre de poluição

O aumento dos índices de poluição urbana em todo o mundo não é nenhuma novidade, né? Esse fator crescente já atinge níveis preocupantes e cada vez mais as pessoas serão reféns dessa agressão. De acordo com as informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), os poluentes de grande preocupação para a saúde pública incluem partículas de monóxido de carbono, ozônio, dióxido de nitrogênio e dióxido de enxofre.

A pele, maior órgão do corpo humano e importante barreira entre o mundo exterior e o nosso corpo, é sempre o órgão mais afetado por essa poluição. Nem todo mundo está levando em consideração os danos que a poluição pode causar à nossa pele, porém deveríamos repensar isso e iniciar um processo educativo, como já fazemos com a proteção solar ou mesmo com o uso da vitamina C, que atua como um agente preventivo de várias patologias de pele.

Pensando nessa tendência obrigatória de mercado que é a proteção da pele contra esse agente danoso, as empresas de cosméticos, já preocupadas, lançam cosméticos que monitoram essa agressão, complementando a proteção da pele. Esses cosméticos são importantes ferramentas na manutenção da saúde da pele, e não somente ferramentas de embelezamento, mas também incorporam em sua essência a manutenção da integridade da pele.

 

O que é importante saber sobre os efeitos da poluição na pele:

Os queratinócitos são células presentes na pele e, quando expostos à poluição ou à poeira, respondem com a diminuição da sua função e com o aumento da inflamação. Assim, quando usamos cosméticos com agente antipoluição, recuperamos a função dos queratinócitos e diminuímos os danos causados pela inflamação induzida pela poeira. Agora imagine os danos que a pele sofre quando vivemos em uma cidade grande, onde estamos expostos diariamente a poluentes resultantes do processo de combustão, tais como indústrias, escapamento de automóveis, fumaça de cigarro e resíduos químicos, todos esses agentes poluentes sobre a nossa pele, alterando inclusive o metabolismo celular. A boa notícia é que com o simples ato de aplicar produtos com ativos antipoluição já conseguimos um efeito protetor das células, auxiliando na manutenção desse órgão tão importante. A Extratos da Terra foi uma das primeiras empresas de cosméticos a investir em produtos que aumentam a proteção da barreira da pele, protegendo-a de forma direcionada contra os poluentes, já pensando nessa necessidade de combate aos efeitos do estresse oxidativo gerado pela poluição e pelas mudanças drásticas do clima.

 

Então como posso proteger minha pele dessas partículas?

A cosmetologia e a estética estão muito avançadas e a cada momento surgem novas descobertas, mas o ideal é que você sempre mantenha a pele íntegra, livre de resíduos, e que use produtos que possam proteger as células dos efeitos oxidativos. Existem várias maneiras de se fazer isso, e uma delas é procurar um profissional qualificado para fazer uma limpeza de pele frequentemente. Assim, você elimina as células mortas da superfície da pele e equilibra o sistema de defesa. A limpeza de pele pode ser potencializada quando são usados produtos com peptídeos antipoluição, ativo que purifica e protege a pele dos poluentes como metais pesados e fumaça de cigarro, impedindo que essas substância sejam absorvidas. Existe um produto com esse ativo no portfólio da Extratos da Terra: Dermosoft Clean Peeling Fitomineral, muito importante no processo de desintoxicação, visto que esfolia a pele e impede que as partículas poluentes se instalem nela.

Aliados ao tratamento em cabine, os cuidados diários de higienização e recuperação da pele são fundamentais, afinal estamos expostos aos poluentes todos os dias. Devemos adotar uma rotina diária contra as consequências da poluição do ar na pele. Essa rotina inclui a higienização diária da pele, principalmente no final do dia, retirando o acúmulo de poluentes, resíduos de sujidades e maquiagem. A higienização deve ser feita com cosméticos antipoluição, importantes para prevenir sinais de envelhecimento, possíveis manchas e a baixa da resistência da pele, o que irá promover um escudo antipoluição e um escudo protetor contra agentes poluentes. Para uma completa proteção da sua pele, sugerimos:

Esses cuidados aplicados diariamente, aliados à limpeza de pele profunda realizada por um profissional capacitado, potencializam a ação antipoluição. Procure um profissional especializado e elabore com ele um plano de tratamento que melhor atenda ao seu biotipo cutâneo. 😉

Conheça e teste os benefícios dos produtos desenvolvido pela Extratos da Terra em nosso site, extratosdaterra.com.br ou em um de nossos distribuidores.

Elizete Garcia

Produtos antipoluição: verdade ou mentira?

Verdade! A tecnologia cosmética não para de crescer e os produtos cosméticos antipoluição são a nova proposta para o uso diário. Acredite, eles não são apenas uma tendência de mercado! Esses produtos são conhecidos internacionalmente como “city defenders”.

Essa necessidade foi diagnosticada através de pesquisas recentes sobre a ação dos níveis altos de poluição e do aquecimento global na nossa pele. Os estudos mostraram que essa interação realmente acontece, até porque este órgão reveste todo o nosso corpo e que está em contato direto com o meio ambiente.

A poluição gera os radicais livres, um grande mal dos dias atuais que afeta e muito nossa pele. Então é super importante se prevenir, reforçando o  cuidado diário da pele contra esses malefícios gerados pela poluição.

Mas, afinal, quais os sintomas e problemas de pele que podem ser causados pela poluição?

– Alergias;

– Baixa de resistência na pele;

– Manchas;

– Envelhecimento precoce.

Como proteger a pele da poluição?

Higienize a pele pelo menos duas vezes ao dia. O momento mais importante desse cuidado é antes de dormir, para retirada total de cosméticos usados durante o dia e acúmulo de sujidades e resíduos de partículas poluentes. Para um bom resultado, devemos fazer a limpeza da pele de forma suave e não agressiva, com cosméticos que tenham as seguintes características:

  • não alteram o pH da pele, mantendo íntegra a flora da pele;
  • possuam ação antioxidante, neutralizando os radicais livres;
  • contenham vitaminas na sua composição;
  • possuam ação hidratante para evitar o ressecamento e a perda de elasticidade;
  • possuam ativos que reforçam a função de barreira para manter a proteção da pele e que retirem metais pesados como mercúrio, resíduos de poeira e fumaça que ficam impregnados na pele.

Um bom exemplo de higienizante é o produto Aquaface Emulsão de Limpeza, que contém em sua formulação um ativo antipoluição que limpa e purifica a pele, além de melhorar a elasticidade e a hidratação sem deixar resíduos oleosos. A Extratos da Terra possui também o produto Dermosoft Clean Peeling Fitomineral Facial, um esfoliante físico e enzimático com peptídeos antipoluição, ideal para ser usado uma vez por semana, intensificando a proteção contra a poluição, metais pesados e fumaça de cigarros.

Não dispense o hábito de hidratação e proteção diária da pele, pois uma pele hidratada mantém a sua integridade, e o FPS também faz o seu papel na proteção contra agentes nocivos. Antes de dormir, faça a limpeza criteriosa da pele e durma sem o filtro solar, utilizando um bom cosmético reparador para aproveitar o ciclo circadiano da pele e a sua renovação biológica.

Não esqueça, uma pele bonita é uma pele saudável! 😉

Conheça e teste os benefícios dos produtos desenvolvido pela Extratos da Terra em nosso site, extratosdaterra.com.br ou em um de nossos distribuidores.

Elizete Garcia

Calor e frio: como cuidar da sua pele em temperaturas extremas

Não é novidade que a temperatura mundial vem mudando nos últimos anos e quem sofre bastante com essas transformações é a nossa pele. Irritabilidade, sensibilidade e outros distúrbios relacionados a pele se tornaram mais comuns não só com o calor forte mas também com o frio muito intenso.

A Extratos da Terra possui dois produtos fundamentais para controlar esses distúrbios, a Ritus Day Água Revigorante e o Pro Vegetal Creme de Massagem Corporal Ômega 7. Para você entender melhor, nossa técnica Elizete Garcia explicou como esses produtos agem na nossa pele.

Pro Vegetal Creme de Massagem Corporal Ômega 7

Traz em sua fórmula os ômegas 3, 6, 7 e 9, que são ideais para cuidar profundamente da sua pele e das funções celulares. O produto funciona como equalizador metabólico, repara a função de barreira da pele, mantém o equilíbrio hidrolipídico, devolve a maciez e suavidade natural da pele, protege da perda precoce da elasticidade e protege e regenera a pele dos danos e das queimaduras causados pelos raios solares – lembrando, apesar disso, ele não substitui o protetor solar.

Para entender melhor sua ação na pele, conheça os principais ativos:

Blend de óleos e manteigas 100% vegetais

Ômega 3: possui ação anti-inflamatória. Auxilia na manutenção e na preservação da membrana celular. Reforça o equilíbrio hidrolipídico da pele.

Ômega 6: está diretamente ligado à síntese de ceramidas na pele, para manter a pele hidratada e protegida, pois aumentam a função de barreira, evitam a perda de água transepidérmica e melhora as funções elásticas da pele.

Ômega 9: possui propriedades lubrificantes e emolientes. Recompõe a oleosidade em peles ressecadas e com problemas de escamação. Protege e regenera a pele dos danos e das queimaduras causados pelos raios solares.

Óleo de Macadâmia – Ômega 7: é um ácido graxo essencial encontrado na secreção sebácea natural da pele, principalmente bebês, crianças e adolescentes.

O ômega 7 é o principal ativo desse produto e ajuda a pele a normalizar as funções biológicas, tais como:

  •  Estimula a produção de colágeno;
  •  Protege contra danos oxidativos;
  •  Restaura a resistência das células da pele para o envelhecimento;
  •  Rejuvenesce as células da pele;
  •  Reforça a capacidade da pele em reter a umidade;
  •  Repara e protege a pele danificada pelo sol, toxinas e estresse ambiental.

Água Dermo Revigorante

Já a nossa Água Revigorante proporciona ao nosso rosto, corpo e cabelos a recuperação e o equilíbrio necessário para mantê-los hidratados, protegidos e energizados. Ela pode ser borrifada a qualquer momento do dia e principalmente antes da aplicação do creme.

Para entender seus excelentes resultados conheça seus ativos:

Aloe Vera: tem ação hidratante, umectante, emoliente, refrescante, condicionadora, cicatrizante, calmante e restaura as funções vitais dos tecidos. Ela ainda protege contra radiações e atenua a formação de manchas da pele.

Artêmia: produz efeito energizador, hidratante e revitalizante celular. Também estimula a síntese de proteínas importantes da pele.
Usando essa dupla de produtos duas vezes ao dia, você recupera a pele sensibilizada pela ação de alterações de temperatura! Cuide de você e mantenha sua pele saudável!

Como a acne impacta na autoestima

Hoje vamos falar de como a acne impacta na autoestima. A acne ou espinha, é um dos problemas de pele mais comuns que afeta jovens e também mulheres adultas. 

Primeiramente, vale ressaltar que são vários os fatores que levam à formação da acne. Falamos sobre isso no texto “Acne: o que é e como ocorre”. Agora queremos abordar este assunto, voltado para a parte emocional de quem convive com o problema. 

Fizemos um teste para entender como a acne impacta na autoestima das pessoas, e os resultados foram bem reveladores. Voluntário com acne e que estavam dispostos a começar um tratamento participaram deste teste. Abaixo apresentamos os resultados da pesquisa.

Comprovação de que a acne impacta na autoestima

Os testes mostram que 45% dos participantes têm a sua autoestima muito afetada pela acne, o que causa desconforto e preocupação com a pele. Outros 48% dizem ser afetados significativamente pelo problema. 

como a acne impacta na autoestima

Uma pesquisa rápida na internet também revela inúmeros relatos de como a acne impacta na autoestima.

Muitas pessoas deixam de sair de casa ou não tiram fotos com seus amigos porque têm vergonha da sua pele. Já outras, como julgam que não têm a pele que sonham, apresentam dificuldades de se relacionar. Muitas ainda comentam que sofrem bullying pela sua aparência. 

Mas o que precisamos disseminar de informação é que não existe pele perfeita, ela é um reflexo da nossa saúde, de nossos hormônios, do nosso emocional, da alimentação e dos hábitos de cuidados com a pele. 

Tentar mascarar a acne com maquiagem e receitas que prometem fazer as espinhas desaparecer não vai resolver o problema, pelo contrário, pode até piorar. 

O uso em excesso de maquiagem fecha ainda mais os poros e pode piorar o quadro da acne. Por outro lado, as receitas milagrosas não existem, e não é muito difícil encontrar relatos de pessoas que já tentaram de tudo para acabar com as espinhas, passando no rosto qualquer coisa que diziam ser eficaz para melhorar o problema. Como resultado, essas pessoas tiveram queimaduras e manchas na pele. 

Como superar o problema estético da acne e focar no tratamento?

Primeiramente, é necessário parar de esconder a acne com um monte de maquiagens, pois elas não resolvem o problema, apenas mascaram e dão a falsa sensação de pele bonita.

A melhor saída é parar de esconder o problema e se ver além da aparência. Existem sim muitas pessoas com preconceitos, mas o importante é você se aceitar e mostrar para os outros  que, mais do que um rosto com acne, você é uma pessoa real e que está tudo bem! Então, mostre aos outros que esse problema que você está enfrentando agora te faz querer melhorar. E  você vai melhorar sim!

Nesse sentido, existe um movimento chamado Acne-positive ou Skin-Positivity, que foca na aceitação da pele imperfeita. Quem sabe, você também não pode se inspirar nessas pessoas?

Agora, olhe para você e se pergunte: é melhor só ter a ilusão de uma pele lisinha ou realmente se livrar do problema? 

Acreditamos que a segunda opção é, sem dúvida, a que você deve escolher. Por outro lado, quem escolhe tratar de verdade a acne, deve ter consciência de que a solução total do problema não acontece da noite para o dia. É necessário reequilibrar o corpo e as causas da acne para aí sim refletir na melhora da pele. Casos mais sérios de acne devem ser acompanhados por um especialista para um diagnóstico de todas as causas envolvidas.

Como a Extratos da Terra pode ajudar

A Extratos da Terra sempre buscou mostrar com os seus produtos de tratamento que não existe um padrão de beleza único, mas que todos nós temos a nossa beleza única.

Para tentar mostrar que é possível sim tratar as causas do problema sem se esconder do mundo e, como consequência positiva, melhorar a autoestima, realizamos um teste emocional com quem usou a nossa linha antiacne nos testes de eficácia dos produtos. 

Assim, buscamos medir o quanto os nossos produtos poderiam impactar de forma positiva nas vidas das pessoas. Então, você se lembra dos números no início do texto?

Ao todo, 93% dos participantes comentaram antes de usar o produto que sentiam a sua autoestima muito ou significativamente afetada pela acne. Esses mesmos participantes usaram o Sérum Multissolução para o tratamento da acne por 21 dias e responderam a mesma pergunta sobre autoestima. Veja agora quais foram os resultados depois do uso do produto:

tratamento da acne
  • 0% dos participantes sentem que sua autoestima é muito afetada pela acne
  • 0% está muito infeliz por causa da acne
  • 68% passaram a considerar a acne não muito importante para a sua felicidade
  • 74% responderam que a sua autoestima é significativamente afetada pela acne

Diante dos resultados, o tratamento da acne com os produtos da Extratos da Terra é capaz não só de melhorar a aparência e a saúde da pele como também a autoestima de quem usa esses produtos. 

Portanto, você que sofre com o problema tem uma escolha a fazer: está pronto para passar por esse processo de tratamento e revelar a sua verdadeira pele?

Confira mais sobre nossos produtos antiacne em nosso site: www.extratosdaterra.com.br 

Dezembro Laranja: a importância da prevenção do câncer de pele

Após o outubro rosa e o novembro azul, chegou a hora de colorir tudo de laranja! O recado não podia ser mais importante: esse é o terceiro ano que a Sociedade Brasileira de Dermatologia utiliza dezembro como mês simbólico para lembrar as pessoas da importância da prevenção do câncer de pele.

Você sabia que o câncer de pele é o tipo de tumor mais comum na população? Cerca de 25% dos cânceres são desse tipo. Ele acontece quando ocorre um crescimento anormal e descontrolado das células cutâneas. Existem alguns fatores de risco que aumentam as chances de algumas pessoas desenvolverem o câncer de pele, conheça os principais:

  • Danos solares: podem modificar as células e por isso pessoas que tomaram muito sol ao longo da vida e não se protegem adequadamente tem mais chance de desenvolver câncer de pele.
  • Idade: se o tempo de exposição solar é relevante, no decorrer da sua vida a pessoa adquire cada vez mais a chance de desenvolver esse tipo de câncer.
  • Cor da pele: pessoas de pele clara têm mais risco de desenvolverem a doença.
  • Hereditariedade: histórico de pessoas na família que tiveram câncer de pele é um importante fator de risco.
  • Imunidade muito baixa: o sistema imunológico enfraquecido aumenta as chances de desenvolver o câncer.

O câncer de pele é dividido em diferentes tipos de acordo com o local que eles atingem, conheça cada um:

Carcinoma basocelular (CBC)

É o mais comum dentre todos os tipos de câncer. Aparece nas células que estão na parte mais superficial da pele, a epiderme. O surgimento normalmente ocorre após uma lesão do DNA da célula, fazendo com que ela mude suas características. O CBC é tipo de câncer de pele menos agressivo, seu crescimento é devagar e dificilmente invade outros tecidos. Por causa da baixa letalidade, as chances de cura são altas quando há detecção precoce. Ele surge principalmente em regiões do corpo que estão expostas ao sol, como nosso rosto e pescoço. O CBC se apresenta como um pequeno nódulo cor da pele e sangra com facilidade. Ainda pode formar uma crosta e vazar algum líquido.

Carcinoma espinocelular (CEC)

O CEC é o segundo tipo mais comum dentre todos e pode se desenvolver em todas as partes do corpo, porém é mais comum nas áreas expostas ao sol e é mais frequente em homens do que em mulheres. A evolução do CEC é considerada mais agressiva e pode atingir outros órgãos caso não seja retirado com rapidez. Ele se apresenta como mancha ou nódulos nas regiões de dano solar na pele, como enrugamento, mudanças na pigmentação e perda de elasticidade. Normalmente, os CEC são avermelhados e tem aparência mais endurecida, com descamação e crostas no local, podendo vazar algum líquido. Ele cresce rapidamente e se parece com uma ferida que não cicatriza.

Melanoma

O Melanoma é o pior prognóstico entre os tipos de câncer de pele e tem o maior índice de mortalidade, felizmente é também o menos frequente. Tem origem nos melanócitos, as células que produzem melanina.  Apesar de ser mais agressivo, possui altas chances de cura se é precocemente diagnosticado. Assim como nos outros tipos, a tendência é que apareça nas áreas do corpo mais expostas à radiação solar.

O melanoma pode aparecer como uma pinta ou mancha existente que muda de aparência, seja na cor, formato ou tamanho. Pode também se apresentar como  uma nova mancha ou pinta de aparência pigmentada ou incomum na sua pele. A coceira, o sangramento e a não cicatrização também são indícios do melanoma.

No estágio inicial, o melanoma se desenvolve apenas na camada mais superficial da pele, facilitando a remoção cirúrgica e a cura do tumor. Nos estágios mais avançados, a lesão é mais profunda e espessa, o que aumenta a chance de metástase para outros órgãos e diminui as possibilidades de cura.

Diferente de alguns tipos de câncer, o de pele possui maneiras simples e essenciais para se prevenir. Conheça as mais importantes:

  • Cuidado com o sol: use filtro solar diariamente e reaplique pelo menos uma vez. Além disso, evite a exposição nos horários de sol mais forte, entre as 11h e 15h.
  • Visite o dermatologista: ir ao médico uma vez por ano é essencial para detectar precocemente o câncer de pele.
  • Conheça sua pele: fique atento aos detalhes e às mudanças da sua pele, eles podem indicar importantes sinais de que algo está errado.

Aproveite o dezembro laranja e se inspire: visite seu médico e compartilhe esses cuidados com a sua família!

A importância da água para uma pele saudável

A água é o elemento mais abundante na Terra e também aquele de que o nosso organismo mais necessita. Mais de 60% do corpo humano é constituído por água, distribuída em vários órgãos. A água desempenha um papel essencial em quase todas as funções do corpo humano, auxiliando na regulação da temperatura corporal e eliminando as toxinas através da urina e da transpiração. Além disso, ela é usada no processo de respiração e na distribuição de muitos nutrientes pelos diversos órgãos do nosso corpo.

Entre todos os órgãos que necessitam de hidratação, o maior deles é a pele.

A nossa pele é recoberta por um manto hidrolipídico, formado por água e ácidos graxos, os quais são responsáveis por mantê-la lubrificada, protegendo-a da evaporação excessiva de água e de diversos tipos de micro-organismos, desempenhando uma função de barreira e proteção. Portanto, é fundamental conhecer os benefícios da água para manter a saúde da pele.

Recomenda-se a ingestão de pelo menos dois litros e meio de água diariamente para que o nosso organismo funcione de forma adequada, já que a água é perdida durante todo o dia. Para não esquecer de se hidratar, lembre sempre de levar consigo uma garrafinha com água para o trabalho e o lazer. Com essa simples ação, você estará prevenindo doenças e alguns desequilíbrios estéticos.

Além disso, o consumo de água auxilia a diminuir a celulite, prevenir inchaço, disfarçar as rugas e retardar o envelhecimento precoce. A água sozinha já nos proporciona muitas melhorias no que diz respeito à pele, então cabe a nós potencializar esses processos usando cosméticos para cada tipo de problema, melhorando assim a hidratação e a função de barreira da pele.

Paula Souza

especialista técnica Extratos da Terra

Tudo que você precisa saber sobre o protetor solar

            Todo mundo sabe que é importantíssimo utilizar filtro solar, mas você entende o porquê e a importância de proteger a sua pele? O Brasil tem um alto nível de radiação durante o ano todo, por isso é essencial saber se cuidar. Quando falamos em pegar Sol, não significa apenas ir se bronzear na praia. Qualquer saída diária sem protetor solar também conta como uma exposição prejudicial. Juntamos todas as informações que você precisa para estar totalmente informado e protegido!

            É importante lembrar que o Sol não traz apenas prejuízos para as pessoas, os raios solares são indispensáveis para a formação de vitamina D do nosso corpo – essencial para o tecido ósseo e grande influenciadora da imunidade. Porém, para a produção necessária dessa vitamina, bastam poucos minutos de exposição solar por dia. Por isso, os efeitos nocivos do Sol são mais alarmantes: vermelhidão, queimaduras de vários níveis e envelhecimento precoce – pois consegue atingir as fibras de colágeno que sustentam nossa pele. Além de todos esses problemas, o risco mais grave que os raios solares podem trazer é o câncer de pele. O melanoma é o tipo mais grave de câncer no tecido ósseo, fique atento à pintas, caso mudem de formato e tamanho e à feridas, caso elas demorem muito para cicatrizar. Procure sempre um dermatologista!

            A boa notícia é que a prevenção desses problemas é super simples: nosso velho amigo protetor solar. O filtro ajuda a combater o câncer de pele, evita insolação, queimaduras, manchas e o envelhecimento precoce. Mas para aproveitar de toda a sua proteção, precisamos entender e saber usar corretamente os filtros solares. O primeiro passo é conhecer bem seu tipo de pele, é recomendado que você converse sobre isso com o seu dermatologista. Quem possui pele oleosa, por exemplo, deve usar um protetor oil-free ou toque seco. Caso você tenha a pele seca, é indicado o uso de um produto com hidratante. Outra dica é utilizar maquiagens que já possuem filtro UVA e UVB, que acabam sendo bem práticas.

            Mas afinal, qual a diferença entre os raios solares? Saiba como cada um deles afeta sua pele:

  • UVA: os raios penetram nas camadas mais profundas da pele e por isso causam tantas queimaduras. Porém, a irradiação UVA é a que mais causa câncer de pele e envelhecimento precoce. Atinge a camada subcutânea da pele.
  • UVB: provoca vermelhidão e queimaduras e também pode causar o câncer de pele. Esse tipo de irradiação atinge a derme.
  • Infravermelha: não é prejudicial para a pele. Os únicos problemas que podem nos causar são o ressecamento e a desidratação, pois ele é responsável pelo calor emanado pelo Sol. Os raios infravermelhos atingem a epiderme.

            O UVB é mais forte no verão, porém o UVA incide durante todo o ano e ao longo do dia, podendo passar despercebido. O filtro solar pode conter diversas outras substâncias, mas os fatores mais importantes são os filtros UVB e UVA, que irão proteger você manchas, rugas e até mesmo do câncer.

            Outra coisa importante que poucos conhecem, é como funciona o FPS (Filtro de Proteção Solar) de cada produto. Diferente do que muitos pensam, ele não está relacionado ao poder de proteção e sim ao tempo que a pele ficará protegida. O número do FPS significa por quanto tempo a mais que o normal sua pele ficará protegida. Por exemplo, se sua pele fica vermelha após 10 minutos no sol, ao passar um filtro com FPS 20, sua pele ficará protegida por 20 vezes mais tempo, ou seja, 200 minutos (10 minutos x FPS 20).

            Para finalizar, separamos algumas dicas para você aplicar seu protetor da maneira correta:

  • Use filtro solar todos os dias;
  • Não adianta passar apenas no rosto, foque também nas áreas mais expostas como nuca, orelhas, mãos e braços;
  • Vá para o Sol, no mínimo, 20 minutos depois de aplicar filtro solar;
  • Escolha filtros solares que protejam contra ambos os raios, UVA e UVB.
  • Passe protetor solar mesmo se for ficar embaixo do guarda-sol, o seu material não consegue reter todos os raios incidentes;
  • O protetor deve ser usado em todas as estações e não só no verão. Além disso, deve ser utilizado em dias chuvosos, nublados ou ensolarados. E claro, em qualquer lugar! Isso inclui praia e piscina mas também o uso para se proteger do Sol na rua e até das luzes ambiente no seu local de trabalho;
  • Reaplique o produto de duas em duas horas;
  • Reaplique o produto depois de tomar banho – seja de mar, piscina ou chuveiro. Mesmo em produtos à prova d’água, o contato com ela pode reduzir o tempo de proteção;
  • Evitar ficar no sol entre 10h e 16h, é nesse horário que a irradiação solar causa mais danos a pele.

            Nós da Extratos da Terra sabemos da importância de se proteger dos raios solares e, por isso, desenvolvemos uma linha completa de fotoprotetores que acabou de ser lançada! Conheça o Dermosoft Protect Fotoprotetor Facial, disponível nas opções de FPS 20, 30 e 50.

Junte-se ao Outubro Rosa

No início desse mês nosso post não poderia ter outro assunto: Outubro Rosa. O movimento é comemorado no mundo todo e usa a data para voltar todas as atenções para a prevenção do câncer de mama. Em um momento tão importante para a saúde da mulher, juntamos algumas informações e dicas super importantes para ficarmos atentas à causa!

Para entender melhor: o câncer é uma doença na qual as células crescem rápida e desordenadamente, invadindo os tecidos e órgãos e podendo espalhar-se para outras partes do corpo. O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres e o que mais causa a morte de brasileiras, segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer). De acordo com uma pesquisa realizada pelo INCA, a previsão é que, em 2016, surjam 300.870 mil novos casos de câncer em mulheres brasileiras. Desses, 57.960 serão de mama.

Segundo o INCA, os principais sintomas da doença são:

  •         Nódulo fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
  •         Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
  •         Alterações no mamilo;
  •         Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço;
  •         Saída espontânea de líquido dos mamilos;

O tumor maligno na mama é raro antes dos 35 anos, cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem somente após os 50 anos. É importante lembrar também que a maioria dos nódulos detectados na mama é benigna, mas para isso ser confirmado é preciso fazer exames médicos.

O câncer de mama não tem uma única causa. Seu desenvolvimento acontece devido a uma série de fatores de risco, como:

  •         Sedentarismo;
  •         Obesidade;
  •         Consumo de bebida alcoólica;
  •         Primeira menstruação antes de 12 anos;
  •         Não ter tido filhos;
  •         Primeira gravidez após os 30 anos;
  •         Não ter amamentado;
  •         Reposição hormonal pós-menopausa;
  •         Casos de câncer de mama na família;

Perceba que alguns desses fatores não são definitivos! Cerca de 30% dos casos de câncer de mama são evitados com práticas como atividades físicas e alimentação saudável. O diagnóstico precoce é essencial, é indispensável que toda mulher faça a mamografia uma vez ao ano a partir dos 40 anos. Esse exame é a única forma de detectar o câncer quando ele ainda é inferior a um centímetro, já que o nódulo ainda não pode ser tateado. Com esse tamanho, ele pode ser curado em até 95% dos casos.

Aproveite a data para se cuidar, realize seus exames e busque uma vida mais saudável, seu corpo agradece!