fbpx

Ácido hialurônico: o que é e por que usar

O ácido hialurônico tem se tornando cada vez mais conhecido e comentado quando se fala em tratamentos de beleza. Está presente em cosméticos anti-idade e hidratantes, sendo utilizado também por médicos para preenchimento. 

Mas você sabe exatamente o que é o ácido hialurônico, por que se usa esse ativo e o que ele faz na pele? Neste post, vamos explicar tudinho.

O que é e para que serve o ácido hialurônico

O ácido hialurônico é uma substância que já está presente na nossa pele naturalmente e que participa de vários processos importantes: 

  • Hidrata
  • Estimula as células de defesa
  • Acelera a renovação celular
  • Estimula a produção de fibras de colágeno e elastina
  • Auxilia no preenchimento dos espaços entre uma célula e outra

Por isso, o ácido hialurônico ficou muito famoso nos cosméticos, pois dá volume à pele e diminui os sinais da idade como linhas de expressão e rugas.

Ele está presente de forma natural na epiderme, mas principalmente na derme. Se você quiser entender o que são essas camadas e suas funções, veja como a pele funciona neste link

O ácido hialurônico é importante nessas duas camadas porque possui uma estrutura capaz de armazenar água em forma gel, inchando e aumentando o seu volume. Por isso, é um dos principais componentes de preenchimento da derme, dando volume à pele e auxiliando na sustentação e na elasticidade. 

Na epiderme, camada mais superficial, o ácido hialurônico encontra-se entre uma célula e outra, promovendo também o preenchimento e a hidratação. 

Veja na imagem onde o ácido hialurônico encontra-se na pele. 

Ácido hialurônico na pele
Ácido hialurônico na pele

Se a nossa pele já produz, por que usar produtos que contenham esse ativo?

O ácido hialurônico é produzido na pele por uma célula chamada fibroblasto, a mesma que produz colágeno e elastina. 

Com o processo natural de envelhecimento, os fibroblastos vão ficando cansados e começam a produzir cada vez menos ácido hialurônico (que hidrata e dá volume), assim como o colágeno e a elastina (que dão sustentação à pele). Por isso, quando envelhecemos as rugas e a flacidez vão aparecendo. 

Para tentar reverter esse processo ou até evitar que as rugas fiquem cada vez mais profundas, o ácido hialurônico começou a ser usado em produtos que  passamos na pele. Dessa forma, repomos esse ácido hialurônico que a pele não produz mais em quantidade suficiente. 

Ao repor o ácido hialurônico (AH) com dermocosméticos, voltamos, na verdade, a dar volume à pele embaixo das rugas e linhas de expressão. Assim, esses sinais ficam menos evidentes, pois o espaço foi preenchido por essa substância. Você pode ver como isso acontece nas imagens abaixo*:
*Imagem retirada de folhetos de informe de ativos de propriedade da Basf

Rugas aparentes com ácido hialurônico sendo reposto.
Rugas aparentes com AH sendo reposto.
Imagem de preenchimento da rugas pelo Ácido hialurônico.
Imagem de preenchimento da ruga pelo AH.

Por que devo usar o ácido hialurônico

Em primeiro lugar, porque é uma substância que já faz parte da nossa pele. Ou seja, é algo de que a nossa pele precisa e que faz bem a ela. 

Em segundo lugar, porque é uma substância que participa de diversas reações que acontecem na pele como, por exemplo:

  • Fornece a hidratação necessária para manter a pele jovem e protegida dos agentes externos. 
  • Estimula o processo de renovação da pele com o “nascimento” de novas células saudáveis.
  • Auxilia na sustentação da pele e por isso evita o aparecimento de rugas.
  • Preenche e dá volume, assim a pele não fica fragilizada e fina.
  • Auxilia na regeneração e na cicatrização, participando do processo de defesa da pele, pois quando se tem um invasor ou uma ameaça à saúde da pele, AH é capaz de acionar as células de defesa para combater aquele perigo no local. 
  • Estimula a produção de colágeno e elastina por estimular o fibroblasto, mesma célula que produz o ácido hialurônico.

Quais as diferenças entre os tipos de ácido hialurônico dos cosméticos

Bom, esse assunto é um pouco mais complexo, mas vamos tentar esclarecer de uma forma simples. 

Os ácidos hialurônicos (AH) são basicamente de alto, médio ou baixo peso molecular. Ou seja, essa denominação representa o tamanho da molécula. Conforme esse tamanho, as funções dessa substância são diferentes.

O fato é que quanto menor o tamanho da molécula, maior a penetração na pele. Veja na imagem os diferentes tipos de AH e onde pode agir na pele.

Diferentes tipos de ácido hialurônico e onde agem na pele
Diferentes tipos de AH e onde agem na pele

Assim, o AH de alto peso molecular vai agir mais na superfície da pele, promovendo a proteção e a hidratação das camadas superficiais.

À medida que essa molécula é menor, como o AH de baixo peso molecular, consegue atravessar a nossa barreira de proteção natural. Dessa forma, o AH age como um preenchedor ou acelerador do processo de renovação e produção de colágeno e elastina. 

Outra diferenciação desses ingredientes ativos nos cosméticos é a tecnologia. O AH pode estar ligado a outras moléculas que são reconhecidas pela pele, como é o caso do silício, e assim facilita a entrada desse ingrediente nas camadas mais profundas. Outra forma interessante e que possibilita preenchimento e volume é o AH nanoencapsulado, quando o ativo é liberado no local em que se deseja o preenchimento. 

Quando usar

A produção do ácido hialurônico natural começa a diminuir entre os 18 e 25 anos. Portanto, a partir dessa idade já é interessante usar produtos que façam a reposição desse ativo na pele diariamente.

Ah, esse ativo causa algumas dúvidas, como, por exemplo, se pode usa-lo no verão, durante o dia ou ainda se mancha a pele. Mas podem ficar tranquilas, porque apesar de o nome conter o termo “ácido”, o ativo não tem nada a ver com aqueles ácidos que mancham ou descamam a pele. Assim, é possível usa-lo todos os dias, durante o ano inteiro, pela manhã e à noite. 

Mas claro que durante o dia é necessário usar protetor solar, não pelo ácido hialurônico, mas sim pelos malefícios das radiações solares na pele.

Quais produtos possuem ácido hialurônico

A Extratos da Terra possui alguns produtos para uso profissional e para uso em casa com ácido hialurônico. Vamos falar hoje dos produtos para uso em casa. Veja algumas opções:

Creme anti-idade Prevent: creme hidratante que previne os primeiros sinais da idade. Ele possui o ácido hialurônico para prevenção, repondo o ativo quando a nossa pele começa a diminuir sua produção natural, entre os 18 e 25 anos.

Creme anti-idade Reverse: creme hidratante concentrado para peles mais maduras, cujos sinais da idade já são mais aparentes, com rugas e flacidez bem visíveis. 

Sérum Preenchedor e Firmador: indicado para uso pontual onde se deseja dar volume à pele, como, por exemplo, nas rugas mais profundas. O ácido hialurônico presente neste produto vai fazer o preenchimento abaixo da ruga, diminuindo a depressão da pele nesse local e deixando-a mais lisa e preenchida.

Máscara Rejuvenescedora: é uma máscara potencializadora que entrega uma dose extra de ácido hialurônico para a sua pele. Ela é indicada para uso duas vezes na semana. 

Gostou deste conteúdo? Agora você consegue entender o que é ácido hialurônico? Deixe seu comentário aqui 😉

DOIS NÍVEIS DE ESFOLIAÇÃO Corporal COM O PEELING ESTIMULANTE DE CAFÉ E NOZES

Fazer a esfoliação corporal física, também conhecida como peeling, normalmente é o primeiro passo de qualquer tratamento corporal depois da higienização. Sabe-se que ela é necessária para retirar as células mortas e facilitar a permeação dos ativos dos tratamentos estéticos.

Mas você já parou para pensar na importância de um peeling nos seus tratamentos?

Normalmente, o primeiro e mais importante ponto que o profissional de estética observa na hora de escolher um esfoliante é a abrasão. Por exemplo, se esse produto tem esferas suficientes para promover o arraste das células mortas. 

Em segundo lugar, vem a remoção desse produto da pele. Já que um produto que não tenha necessidade de remover após a esfoliação faz com que o profissional ganhe tempo e praticidade no seu dia a dia. 

Diante desses dois fatores muito importantes para o profissional da estética, vamos mostrar como você pode ter esses benefícios aliados. Além disso, descubra como potencializar os resultados de qualquer tratamento corporal usando o esfoliante adequado. 

Fatores a considerar em uma esfoliação corporal

Dois fatores importantes na esfoliação corporal são: o nível de esfoliação e a remoção. O primeiro é o quanto o esfoliante consegue promover o arraste das células mortas e o segundo se refere a praticidade no dia a dia do profissional.

1 – Nível da esfoliação corporal

Primeiramente, a abrasão de um peeling físico é sim importante:

  • Ela não deve ser tão forte a ponto de machucar a pele, o que acontece quando as esferas não são uniformes.
  • Mas também não pode ser tão leve a ponto de não conseguir arrastar as células mortas que estão atrapalhando a renovação celular e a permeação de produtos. 
Dois nível de esfoliação corporal

Portanto o grau da esfoliação deve ser considerado.

Dessa forma, uma escolha inteligente para se montar um tratamento é aliar diferentes níveis de esfoliação. Assim, se consegue equilibrar a retirada completa das células mortas e promover a renovação e a luminosidade da pele, sem causar desconforto ao cliente.

2 – Base cosmética 

Outro fator importante em uma esfoliação corporal é a base de seu peeling. Base é o veículo em que os esfoliantes se encontram, que pode ser em gel, sérum ou creme. Esse último é o mais comum, seguido por fórmulas em gel. 

Dessa forma, pense no produto que você usa no dia a dia. Seu esfoliante corporal é compatível com a pele? Ele é um creme vegetal e livre de óleo mineral? 

Primeiramente, vamos pensar, se o esfoliante é o primeiro passo do tratamento e se ele não for retirado antes do uso de outros produtos, é necessário que seja com base que não impeça a absorção dos outros produtos usados depois. Caso contrário, ira formar um filme oclusivo, como no caso de cremes que utilizam óleo mineral na formulação. 

Nesse sentido, as bases vegetais são as que agregam mais benefícios à pele. Elas são altamente hidratantes, o que já ajuda na absorção do principal produto do tratamento. Essas bases absorvem totalmente e não formam uma barreira oclusiva na pele.

Portanto, um esfoliante de base vegetal tem excelentes benefícios como:

  • Propicia hidratação.
  • Potencializa os resultados dos tratamentos corporais.
  • Traz praticidade no dia a dia, porque não precisa retirar da pele. 

Como melhorar os resultados dos tratamentos corporais usando o esfoliante como aliado 

Os dois fatores apontados anteriormente têm muito fundamento. Em primeiro lugar, se a esfoliação não for feita em um nível adequado, o tratamento pode não ter os resultados esperados. Em segundo lugar, se seu esfoliante formar uma película oclusiva, os ativos do tratamento não conseguirão atingir o seu alvo. 

Portanto, aquele produto de tratamento com teste de eficácia e pelo qual provavelmente você pagou mais caro não agirá da forma esperada. Dessa forma, os resultados dos seus tratamentos corporais podem estar comprometidos. 

Você já tinha pensado que a esfoliação teria tanta influência no seu tratamento? E que se não for realizada com um bom produto pode até prejudicar o resultado?

Bom, agora é só você analisar os seus protocolos e ver se tudo isso faz sentido para você. 

Como o Peeling Estimulante de Café e Nozes pode fazer a diferença nos protocolos corporais

esfoliante de café e nozes

Com o novo Peeling Estimulante de Café e Nozes, você tem esses dois importantes fundamentos a seu favor, níveis diferentes de esfoliação e base vegetal.

E ainda tem um superdiferencial, pois o produto contém cafeína e ácido clorogênico. Esses ativos têm ação termogênica, drenante e antioxidante que potencializam os tratamentos corporais de redução de medidas e celulite.

O novo peeling é composto por partículas de café verde e nozes, ambas de fontes naturais e sustentáveis. Essas partículas, proporcionam dois níveis diferentes de esfoliação, trazendo o equilíbrio entre a intensidade do peeling e o conforto para a pele. 

Além disso, o peeling tem ação anti-inflamatória, que auxilia no tratamento da celulite e estimula a circulação sanguínea, o que favorece a oxigenação e a nutrição dos tecidos, deixando a pele macia e nutrida.

Devido à ação drenante, redutora, oxigenante, anti-inflamatória e antioxidante, ele é um peeling multifuncional. Portanto, pode ser utilizado em diversos tipos de tratamentos corporais.

Um exemplo de uso é em protocolos hidratantes, já que possui base vegetal e os ativos têm efeito antioxidante, importante para a pele de qualquer região do corpo. 

Além disso, o creme é muito prático de aplicar, proporcionando deslize adequado para as manobras de esfoliação. As partículas dos esfoliantes vão aos poucos desprendendo-se da pele em forma de grumos, deixando-a hidratada. Basta no final retirar as partículas físicas que podem ficar na pele com uma toalha seca, sem necessidade de higienizar o local após a esfoliação.

Podemos comparar esse efeito a uma leve gomagem, porém ainda melhor devido aos dois níveis de esfoliação presentes no produto. 

Confira a aplicação do Peeling Estimulante de café e Nozes

Aplicação do Peeling Estimulante de Café e Nozes

Como você pode perceber, o creme é absorvido com facilidade e não forma uma barreira oclusiva na pele que possa impedir a absorção dos produtos de tratamento utilizados na sequência.

Pelo contrário, além de auxiliar na esfoliação, também hidrata, o que é ótimo, pois, como se sabe, em pele hidratada a absorção de outros cosméticos é melhor do que em peles secas e desidratadas.

Então, o Peeling Estimulante de Café e Nozes é um coringa que não pode faltar na vida do profissional de estética que trabalha com protocolos corporais.

Como vimos, ele é um excelente potencializador dos tratamentos, pois:

  • Traz uma esfoliação adequada.
  • Hidrata.
  • Melhora a nutrição.
  • Melhora a circulação e a oxigenação da pele.
  • Tem efeito antioxidante, muito importante em qualquer tratamento estético. 

O Peeling Estimulante de Café e Nozes já está disponível na versão de 700 gramas por apenas R$ 189,00*. Mas, você profissional de estética, tem desconto especial na compra. Confira as condições no site ou com um de nossos distribuidores.

*O preço pode sofrer alteração sem aviso prévio

O que é rosácea e como cuidar da pele

A rosácea é uma doença vascular inflamatória que pode se tornar crônica. Ela afeta principalmente a região central da face, caracterizada por uma pele visivelmente mais sensível, geralmente mais seca e que fica vermelha com facilidade. Quadros mais sérios podem apresentar pontos de inflamação e inchaço na pele. 

Neste conteúdo, primeiramente, vamos mostrar a diferença entre a rosácea e a acne, quem tem mais probabilidade de desenvolver a doença, o que provoca ou piora o quadro. E por fim, quais produtos para os cuidados diários podem ser usados por peles com rosácea sem causar desconforto.

Rosácea ou acne?

Quem se lembra das manchetes em torno das marcas vermelhas e inflamadas do goleiro Alisson na copa de 2018?

Foto: Leonhard Foeger/Reuters – globoesporte.globo.com

Na época, muito se falou na internet que o goleiro sofria  com acne. Mas, vários dermatologistas entrevistados já apontavam como um quadro de rosácea. Isso porque, Alisson tinha 25 anos, idade em que é comum o aparecimento da rosácea. Ao passo que é comum a acne acometer os homens na fase da adolescência e, em casos raros, após os 20 anos.

Mas então qual a diferença entre a acne e a rosácea?

Essas duas disfunções têm origem em fatores fisiológicos bem diferentes na pele. 

rosácea no rosto

A rosácea acomete os vasos superficiais da pele, que provocam a vermelhidão pelo aumento do fluxo sanguíneo.

Essa característica pode ser passageira, diminuindo a vermelhidão em poucos minutos, seguida por uma melhora ou piora do quadro. Mas também pode se tornar crônica, permanecendo a vermelhidão por longos períodos.

Contudo, a piora do quadro pode levar ao aparecimento de pústulas de inflamação e edema. Esses dois fatores acabam confundidos com a acne. Mas, quem sofre de sensibilidade normalmente já tem a pele mais sensível e mais ressecada nos locais acometidos pela rosácea. 

acne

Por outro lado, a acne acomete as glândulas sebáceas, resultando por exemplo, no aumento da produção de sebo por essas glândulas, e como consequência, aparecem as espinhas inflamadas e os cravos, e a pele nesse caso fica mais oleosa.

Quem pode apresentar rosácea na pele

Primeiramente, qualquer pessoa após os 25 anos de idade, mais particularmente as mulheres, e qualquer pessoa com pele clara podem ser afetadas por manchas vermelhas no rosto, sejam elas passageiras ou persistentes. Já a Sociedade Brasileira de Dermatologia aponta que a rosácea é mais frequente em adultos de 30 a 50 anos, sendo mais comum em mulheres. Contudo, quando a rosácea aparece nos homens, normalmente o quadro deles é mais grave. 

Embora essa vermelhidão nos casos menos graves não seja realmente perigosa para a saúde, é desconfortável e, às vezes, constrangedora, pois o impacto na vida social de quem tem rosácea pode ser bastante significativo. A rosácea em estágio inicial é caracterizada pela dilatação de vasos e, por consequência, pelo aumento do fluxo sanguíneo local. Após um período curto, os vasos voltam ao seu estado normal, e a vermelhidão diminui.

Por outro lado, em estágios mais avançados, as estruturas dos vasos e de outros componentes da pele ficam comprometidas, e nos estados crônicos os vasos não voltam mais ao seu estado normal. Por isso, a vermelhidão não melhora, e aparecem outras alterações, como circulação comprometida, presença de pústulas e edema no local. 

Assista ao vídeo da Dra. Cintia, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, e veja o que a especialista fala sobre a rosácea. 

O que provoca ou piora o quadro

Embora as causas da rosácea não tenham sido claramente identificadas, podemos, no entanto, apontar duas principais manifestações, dependendo do estágio: 

1 – Comprometimento da rede de vasos sanguíneos

2 – Hiper-reatividade cutânea, ou seja, a pele fica reativa a diversos componentes que entram em contato com ela e causam desconforto. 

Além disso, o agravamento do quadro depende de pessoa para pessoa e geralmente é imprevisível e intenso. por exemplo, uma pessoa com apenas uma vermelhidão leve pode não ver o progresso da rosácea, que pode ser algo leve e passageiro. Por outro lado, uma pessoa pode ter vermelhidão persistente e vasos dilatados logo no início das manifestações da rosácea. 

Agora, veja alguns fatores que podem provocar a vermelhidão da pele e o aumento da sensibilidade cutânea: 

estímulos da rosácea
  • Variações repentinas e significativas de temperatura
  • Temperaturas muito altas (aproximadamente 40 °C) ou muito baixas (5 °C)
  • Consumo de alimentos picantes como por exemplo, a pimenta ou mostarda
  • Consumo de álcool ou café
  • Exposição a sol ou poluição
  • Esforço físico prolongado
  • Emoções fortes, como estresse ou constrangimento 
  • Uso de substâncias na pele, como cânfora e derivados da pimenta 
  • Outras substâncias irritantes para a pele

Os fatores citados anteriormente ativam receptores na pele que acionam mediadores inflamatórios. Esses, por sua vez, provocam a vasodilatação dos vasos sanguíneos superficiais da pele e, como consequência, tem-se o aspecto vermelho e o desconforto na pele, como ardência ou coceira. 

Devido a inúmeros fatores envolvidos, o diagnóstico da rosácea deve ser feito por um dermatologista. A rosácea não tem cura, mas é possível controlar o problema com medicamentos e produtos adequados. Por isso, a importância de uma avaliação com um profissional especializado. 

Produtos para uso diário

Como mencionado anteriormente, o tratamento da rosácea deve ser feito com um especialista. Mas, os cuidados com a pele, quando a rosácea não está ativa, devem contar com produtos específicos para peles sensíveis ou que não causam irritação.

Selecionamos alguns produtos para os cuidados diários dessas peles. São produtos que não tratam especificamente a rosácea, mas podem ser utilizados por peles com essa característica sem causar desconforto.

Confira abaixo as sugestões:

1 – Para limpar a pele

Primeiramente, o produto mais indicado para limpara as peles sensíveis é a Água Micelar. Ela tem uma composição mais suave do que a de um sabonete e também não necessita de enxágue. Desta forma, poupa o contato da pele com a água da torneira, que muitas vezes não é de qualidade e também pode irritar a pele.

A Água Micelar é um demaquilante e também um produto que limpa a pele em todas as ocasiões. Ao optar por ela, não é preciso usar tônico facial, pois a Água Micelar tem o pH igual ao da pele. 

2 – Para acalmar e repor minerais

Agora, para hidratar, repor vitaminas e minerais e acalmar a pele, o produto indicado é a Água Dermo Revigorante. Ela também é um ótimo pós-sol e em 30 minutos acalma a vermelhidão provocada pelo sol. 

É um produto para ter sempre com você e usar a qualquer hora do dia, quando a pele tem necessidade de hidratação ou está irritada. O ideal é usá-la logo após a limpeza da pele. 

3 – Para hidratar

Para hidratar a pele e prevenir o envelhecimento precoce, você pode usar o Prevent Creme Anti-idade pela manhã e à noite.

Para peles mais maduras e ressecadas, a recomendação é o Creme Anti-idade Reverse. Ele também pode usar pela manhã e à noite.

Ambos os cremes têm formulações mais suaves e com ácido hialurônico, sendo altamente hidratantes.

4 – Para reduzir rugas

Para reduzir as rugas mais acentuadas, você pode utilizar o Preenchedor e Firmador Facial, aplicando de forma bem pontual somente no local da ruga. Ele fará o preenchimento das rugas, uniformizando o relevo da pele. 

Para usá-lo, aplique pela manhã e à noite antes do hidratante facial. 

5 – Para proteger da luz solar

Por fim, para as peles sensíveis, o mais indicado é o Pó Multiprotetor FPS 50. Disponível nas cores translúcida, médio adaptável e escuro café. Esse pó contém apenas filtros físicos, que são os menos sensibilizantes. 

Use-o diariamente pela manhã e faça a reposição a cada duas horas. Lembre-se de aplicar uniformemente o pó sobre a pele para a proteção adequada do sol. 

Se você ficou com alguma dúvida, deixe aqui nos comentários 🙂

Água Micelar: 14 benefícios para limpar a sua pele de forma simples e prática.

Muito se fala de água micelar, mas você sabe o que ela faz e como age na sua pele?

Neste conteúdo, vamos esclarecer várias dúvidas que surgem referentes a esse tipo de produto. Aqui você vai saber o que é a água micelar, como age e a diferença entre esse produto, os tônicos e a água termal. Além disso, você conhecerá os 14 benefícios da Água Micelar da Extratos da Terra. 

Para começar, as águas micelares vêm com a proposta de substituir principalmente dois produtos: os demaquilantes e os tônicos. 

Isso porque a água micelar tem uma estrutura que capta a sujeira e as impurezas da pele, como maquiagem e poluição, retirando os resíduos prejudiciais e deixando na pele os nutrientes e as substâncias importantes para formar a barreira de proteção que impede que agentes externos penetrem na pele.

Essas estruturas denominam-se micelas, que são constituídas por moléculas com extremidades distintas, uma que se dissolve na água e outra que se dissolve em componentes oleosos.

estrutura da micela na composição da água micelar

Dessa forma, a parte que se dissolve nos componentes oleosos forma uma espécie de cápsula, envolvendo todas as impurezas e fazendo elas se desprenderem da pele.

Devido a essas propriedades, as águas micelares podem ser utilizadas para limpar a pele de todas as sujidades e não só da maquiagem. Podem, por exemplo, ser usadas para retirar resíduos do protetor solar, da poluição e do excesso de oleosidade da pele. 

Por outro lado, elas substituem também os tônicos devido ao fato de seu pH não alterar o pH natural da pele, como acontece com a maioria dos sabonetes. Além disso, dependendo da composição e da recomendação da rotulagem da água micelar, não é necessário fazer o enxágue da pele, o que deixa a rotina de limpeza mais simples e rápida.

E qual a forma correta de limpar a pele?

Apesar de parecer uma tarefa fácil e sem mistérios, limpar a pele é um dos passos em que os brasileiros mais cometem erros, seja na frequência de lavar ou na escolha dos produtos mais adequados para a sua pele.

Então, é sempre bom relembrar, a recomendação é limpar ou lavar a pele duas vezes ao dia, pela manhã e à noite. Já que, lavar muitas vezes ao dia pode causar danos na camada de proteção da pele ou até aumentar a produção de oleosidade, o chamado efeito rebote. Por outro lado, quando se lava o rosto menos de duas vezes ao dia, a pele acumula sujidades que podem causar vários problemas, como, por exemplo, acne, manchas e envelhecimento. Por isso, é preciso equilíbrio.

E com o que devemos limpar a pele? 

A limpeza não deve ser feita somente com água, pois ela sozinha não é capaz de remover as impurezas. Na hora de escolher o produto ideal, você deve considerar primeiramente o seu tipo de pele. Além disso, o recomendado é usar sabonetes, espumas, água micelar ou higienizantes específicos para a pele do rosto (facial), pois o pH e as características da pele dessa região são diferentes dependendo da pele do corpo.

Mas, se você tiver dúvida quanto ao seu tipo de pele, procure a orientação de um profissional para auxiliá-lo. Você também pode consultar os nossos conteúdos sobre o tema, que ajudam a identificar o seu tipo de pele com base em algumas características.   

Agora que você já sabe como as águas micelares agem e também qual a frequência mais recomendada para limpar a pele, vamos esclarecer a diferença entre a água micelar, os tônicos e a água termal, visto que frequentemente ocorrem muitas dúvidas em relação a esses produtos. 

Água micelar X tônico?

A água micelar retira a maquiagem e limpa profundamente a pele. Ela faz tudo isso sem alterar o pH e a barreira de proteção. Portanto, não é necessário tonificar a pele após seu uso. 

Por outro lado, o tônico tem como função principal equilibrar o pH da pele, não tendo ação higienizadora. 

Água micelar X água termal?

A água micelar limpa a pele devido à sua composição, contendo micelas que retiram a maquiagem e as sujidades da pele. Dependendo da formulação da água micelar, esse produto pode também hidratar, nutrir e acalmar a pele. 

Já a água termal tem como principal função fazer a reposição de minerais que nutrem, hidratam e acalmam a pele. Porém, não faz a limpeza da pele como a água micelar. 

14 benefícios da Água Micelar da Extratos da Terra

Anteriormente, já vimos que as águas micelares limpam a pele profundamente sem alterar o pH e mantêm a barreira de proteção saudável. 

Mas, e se a água micelar tiver 14 benefícios em um só produto?

Esta é a novidade que a Extratos da Terra acaba de trazer ao mercado: uma água micelar completa que tem uma composição suave e hipoalergênica, testada dermatologicamente e ao mesmo tempo, enriquecida com bioativos da couve e do brócolis, blend de vitaminas e água bioativa de alpinia. 

Bem como, é livre de essência e não causa desconforto e irritação na área dos olhos. Além de não deixar a pele pegajosa. 😍 

Agora, vamos conferir os 14 benefícios da nova Água Micelar:

  • Retira a maquiagem
  • Remove resíduos da pele
  • Limpa profundamente
  • Tonifica a pele
  • Promove a auto-hidratação, formando um filme protetor contra o ressecamento da pele
  • Nutre e repõe vitaminas e minerais
  • Purifica a pele
  • Reduz e impede a formação de radicais livres
  • Protege as células 
  • Previne o envelhecimento precoce da pele
  • Não é necessário fazer o enxágue
  • Não arde os olhos
  • Livre de álcool 
  • Hipoalergênica

Tudo isso é possível devido a uma incrível combinação de bioativos, minerais, vitaminas e superantioxidantes. Esse conjunto de ingredientes, além de limpar profundamente, desintoxicam as células e eliminam o excesso de radicais livres presentes na pele e responsáveis por causar inúmeros danos, como por exemplo, o envelhecimento precoce. 

Quer conhecer os componentes da fórmula?

A Água Micelar Extratos da Terra possui 4 ingredientes principais:

1 – Blend de vitaminas e minerais

Esse blend contém minerais como cálcio, potássio, ferro, selênio, zinco e sódio. Já as vitaminas presentes são A, C, B1, B2, B5, B6, K e E. Além de ácido fólico.

Entre as propriedades desses minerais e vitaminas que nutrem a pele, estão as ações antioxidantes e anti-inflamatórias. Isso faz com que aumente a defesa das próprias células contra o dano causado pela radiação UV e são importantes para os cuidados contra o envelhecimento precoce da pele.

2 – Bioativos

Bioativos são superantioxidantes e detoxificantes. Esses componentes foram extraídos da couve e do brócolis, e possuem o poder de remover os radicais livres da pele. Desta forma, aumentam a proteção e a resistência das células. Em adicional, possuem ainda propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, ajudando a manter a pele saudável.

3 – Água bioativa de alpinia

alpinia

Esse ativo é resultado da destilação das folhas da alpinia para produção do óleo essencial da planta. Como resultado deste processo, vários componentes da planta ficam concentrados na água usada no processo, o que resulta na água bioativa de alpinia. Como benefícios, ela possui ação anti-inflamatória, além de acalmar e refrescar. Assim como traz a sensação de relaxamento, auxiliando na diminuição do cansaço e da fadiga.

4 – Hydra-S30 

Esse ingrediente fortalece e restaura a barreira de proteção cutânea, formando uma película protetora que se mantém mesmo após a lavagem. Como resultado, evita-se a perda de umidade, favorecendo a auto-hidratação da pele. Dessa forma, você decide como prefere usar a sua água micelar, enxaguando ou deixando na pele, já que a hidratação e a proteção da pele se mantêm nas duas formas de uso.

A Água Micelar da Extratos da Terra é uma nova forma de cuidar da pele sem complicações e sem perda de tempo. Ou seja, fácil, rápida e relaxante, sem irritação ou ressecamento da pele. 

Você pode adquirir a Água Micelar de 200 ml por R$ 49,90* através do nosso site ou com um de nossos revendedores. 

*Preço sujeito a alterações sem aviso prévio.

Tratamento para celulite e para redução de medidas – Sem adição de água

Já parou para pensar que mais de 70% de um creme de tratamento para a celulite que você usa em sua cabine é água?

Isso mesmo!

Para que uma emulsão (creme) seja formada, é preciso em média de 70% a 90% de água na composição. Quando isso é somado a componentes graxos para formar o creme, sobra menos de 20% para os ativos que realmente agem no problema da celulite.

Agora, você já pensou em usar um produto nos seus clientes composto apenas por ativos nanoencapsulados, sem adição de água, sem creme, em embalagem portátil, prática e rentável?

Isso é realidade com o Magic 3C!

Antes do tratamento com o Magic 3C
Antes do tratamento com o Magic 3C
Depois do tratamento com o Magic 3C
Depois do tratamento com o Magic 3C
Antes do tratamento da celulite com Magic 3C
Antes do uso do Magic 3C
depois do tratamento da celulite com Magic 3C
Depois do uso do Magic 3C

Teste clínicos:

  • 1,08 cm de redução de medidas (cintura, quadril, coxas e panturrilhas)
  • 95,45% perceberam a pele mais firme
  • 95% perceberam a redução da celulite e do aspecto “casca de laranja”
  • 100% perceberam a melhora na aparência geral da pele
  • 100% acharam o produto fácil de aplicar

Avaliações sobre o tratamento da celulite com o Magic 3C

depoimento do Magic 3C - Sandra
depoimento do Magic 3C - Natana
depoimento do Magic 3C - Ederson
depoimento do Magic 3C - Vera

Em 2013, a Extratos da Terra foi pioneira ao lançar esse tratamento revolucionário para celulite e redução de medidas com 100% de óleo de cártamo, coco e camellia sinensis nanoencapsulados. 

O Magic 3C já é sucesso há muito tempo, mas atualmente está ainda mais ecofriendly. 

Agora o produto vem com menos plástico e, consequentemente, gera menos impacto ao meio ambiente. Isso sem falar na forma de aplicação, bem mais prática e simples. 

10 ampolas viraram 1 frasco de vidro – praticidade na aplicação e menos plástico no meio ambiente

As profissionais que já conhecem o produto aprovam e viram como a autoestima de suas clientes mudou após o uso do Magic 3C, provando que a estética não é fútil, não é apenas se sentir bonita, é se sentir bem, é saúde com o corpo, a mente e o meio ambiente ao seu redor. 

Método com permeação de até 12 horas e melhor aproveitamento dos ativos 

Os cremes são os mais usados em produtos cosméticos, e isso tem uma explicação.

A resposta está na própria composição da pele. Nossa epiderme possui aproximadamente 70% de peso em água, já a camada mais superficial possui menos água e é composta por lipídeos que formam a camada de proteção.

Se compararmos a composição da pele com a de um creme, eles têm muita similaridade, não é mesmo?

Epiderme
70% de água
lípidos
outros componentes

Creme
70% a 90% de água
lípidos
ativos

Os cremes são os mais usados na cosmética porque conseguem uma permeação melhor na pele. 

Portanto, a inovação na estética é como usamos a água nas formulações e nos tratamentos. Como reduzir o uso da água de forma que o produto funcione melhor e que seja sustentável para o meio ambiente?

A resposta está na nanotecnologia!

Essa técnica permite que os ativos sejam encapsulados em micropartículas que conseguem permear a pele mais facilmente, possibilitando obter um produto concentrado com 100% de ativos. Desta forma, a água é usada de forma mais inteligente e eficaz.

No tratamento com o Magic 3C, você adquire um sérum que possui 100% de ativos anticelulite e redutores nanoencapsulados. A água que seria necessária para melhor absorção na pele entra no formato de um fluido que não é água pura, e sim uma composição de água mais os ativos firmantes para completar o tratamento. 

Aplicação do Magic 3C

Assim, a água é utilizada de forma mais racional e inteligente, fazendo com que seja possível realizar as manobras de massagem redutoras com o sérum com 100% de ativos anticelulite e redutores. Graças à sua composição, a esteticista poderá fazer a massagem por quanto tempo desejar.

E melhor, isso tudo não custa uma fortuna! 

O kit Magic 3C + Fluido Firmador Corporal custa R$ 344,00, mas para você que é profissional de estética o preço é especial, pagando apenas R$ 240,80.* Você tem um protocolo completo para o tratamento da celulite e redução de medidas neste link

Lembre-se:

  • Você está pagando por 100% de ativos
  • Receberá muitos feedbacks de agradecimento de suas clientes
  • Nada melhor que ver a sua cliente falando que pode usar a roupa que desejar quando você reduzir o grau de celulite dela
  • Está colaborando para um mundo melhor, com menos gasto de água e menos geração de lixo
  • Alto rendimento de aproximadamente 32 sessões de abdômen, coxa, glúteos, braços, dorso e panturrilhas. Isso é menos de R$ 8,00 por sessão. 
  • Você pode oferecer o acompanhamento do tratamento em casa, na mesma proposta, com o Nano Shower Anticelulite

*Preço sujeito a alterações

Dermo Plus: o coringa que não pode faltar nos tratamentos estéticos

O Dermo Plus é um sérum multifuncional já aprovado por vários profissionais da estética.

Dermo Plus

Isso porque ele é um produto muito versátil, que pode ser usado em tratamentos faciais e corporais, em terapias manuais ou com eletroterapia e microagulhamento, desempenhando excelentes resultados.

Benefícios do Dermo Plus

Sobretudo o Dermo Plus auxilia em procedimentos estéticos faciais e corporais como anti-idade, pré e pós-operatórios de cirurgias estéticas e tratamento de cicatrizes, como as deixadas pela acne, e de estrias.

O produto ajuda a regenerar a pele, estimula a renovação celular e a produção dos fatores de crescimento de queratinócitos KGF e epidérmico EGF.

Como resultado o sérum Dermo Plus possui inúmeros benefícios, confira alguns deles:

  •  Estimula a produção do fator de crescimento de queratinócitos (KGF)
  • Possui fator de crescimento epidérmico (EGF)
  • Reduz as rugas verticais e horizontais
  • Promove uma hidratação profunda
  • Diminui a flacidez
  • Intensifica a produção de colágeno de boa qualidade
  • Combate a glicação do colágeno
  • Evita a senescência dos fibroblastos maduros
  • Aumenta a sustentação da pele
  • Aumenta a espessura e o volume da pele
  • Reconstitui o reservatório de água na pele
  • Aumenta o sistema de defesa da pele
  • Estimula e normaliza a renovação celular
  • Aumenta a produção do ácido hialurônico natural
  • Utilizado no pré e pós-cirúrgico
  • Propicia efeito retinol-like
  • Uniformiza a pele
  • Reduz cicatrizes resultantes de estrias e de acnes
  • Aumenta em 51% o ATP mitocondrial
  • Prolonga o tempo de vida das células saudáveis da pele

 Ação do Dermo Plus no tratamento anti-idade

O sérum é ideal para tratamentos rejuvenescedores, pois age em diversos aspectos que levam à formação de rugas e da flacidez. 

Antes de mais nada, é importante lembrar que o envelhecimento cutâneo é percebido pelas características de atrofia da pele, perda da capacidade de divisão celular, xerose (ressecamento excessivo), alteração da função da barreira da pele, enfraquecimento da junção dermoepidérmica, diminuição dos fibroblastos em números e morfologia, desorganização das fibras de colágeno e elastina, e diminuição do ácido hialurônico e de todas as glicosaminoglicanas.

Agindo principalmente em 5 alvos específicos (nos fibroblastos, nas mitocôndrias, na hidratação, evitando a morte celular e na glicação do colágeno), o Dermo Plus consegue reverter as características do envelhecimento citadas anteriormente. Vamos ver cada um desses cinco alvos a seguir. 

1 – Fibroblastos

Os fibroblastos são as principais células da pele, responsáveis pela produção de colágeno, elastina, fatores de crescimento, ácido hialurônico e glicosaminoglicanas. Dessa forma, são um dos principais alvos em um tratamento anti-idade. 

Por isso, uma das funções mais importante do Dermo Plus é a capacidade de manter os fibroblastos maduros (que estão entrando na fase de morte celular) ativos e produzindo colágeno de boa qualidade. Como resultado deste estimulo de fibroblastos, o sérum também estimula a produção de fatores de crescimento e de ácido hialurônico, aumentando a espessura da pele e devolvendo o volume perdido pela idade. 

2 – Mitocôndrias

As mitocôndrias são a “indústria” de energia das células. Quando ela não funciona bem, produz pouca energia. Como resultado, a célula fica mais cansadas e não desempenham suas funções de forma adequada, levando ao envelhecimento desta célula e também ao aumento da produção de radicais livres.

O sérum aumenta em 51% o ATP mitocondrial, e isso quer dizer que mais energia está disponível para as células, bem como mais oxigenação e nutrição, além de um processo de desintoxicação celular mais eficiente, evitando assim a produção de radicais livres. 

3 – Evita a morte celular 

O sérum possui ativos que mantêm as células em divisão celular por mais tempo. É como se o produto fornecesse estímulo às células para elas continuarem o seu processo reprodutivo. Assim, quanto mais tempo as células estiverem em processo de divisão celular, mais tarde os sinais do envelhecimento aparecem. 

4 – Hidratação

O sérum amplia os reservatórios de água na pele, mantendo as células saudáveis. Esse aumento da hidratação faz com que o volume da pele se eleve, preenchendo rugas e linhas de expressão. 

5 – Glicação

A glicação é o maior inimigo das fibras de colágeno, pois destrói as fibras de sustentação da pele de forma irreversível. Neste link, você encontra uma animação que representa a glicação das fibras de colágeno e elastina. 

Por isso é fundamental a proteção das fibras de colágeno para que não ocorra a glicação, função desempenhada pelo Dermo Plus. 

Ação do sérum no tratamento pré e pós-operatórios

No pré e pós-operatório, o Dermo Plus fornece principalmente energia e nutrição às células para que possam se regenerar mais rapidamente. 

Bem como, acelera o processo de regeneração celular e desintoxicação do tecido, evitando a formação de radicais livres. Além disso, aumenta a hidratação, fundamental para uma recuperação adequada da pele que passou por um processo cirúrgico. 

Como o Dermo Plus potencializa o procedimento de microagulhamento

Além das ações específicas de rejuvenescimento do sérum mencionadas acima, o produto também estimula a produção de fatores de crescimento epidérmicos e de queratinócitos. 

Esses fatores de crescimento estão envolvidos no processo de renovação celular, síntese de colágeno, elastina e ácido hialurônico, aumentando assim a espessura e o volume da pele. 

Como resultado dessas ações em conjunto, ocorre o preenchimento de rugas e cicatrizes, melhora a elasticidade do tecido e devolve o volume perdido com a idade. 

Ativos presentes no Dermo Plus

Primeiramente, o sérum possui 4 ativos em sua fórmula: ácido hialurônico biovetorizado pelo silício, bioativo do himalaia, hydroxyprolisilaneTM e MitoClean. 

Agora que você sabe os ativos, vamos detalhar a ação de cada um deles.

Ácido hialurônico biovetorizado pelo silício

Esse ativo soma as propriedades do ácido hialurônico de baixo peso molecular com o silício orgânico, promovendo a melhora da pele e reestruturando os componentes perdidos pelo avanço da idade. Por isso, é considerado um fator de crescimento epidérmico (EGF).

O ativo intensifica a síntese de glicosaminoglicanas e ácido hialurônico, bem como a hidratação natural da pele, reestrutura a epiderme e a derme, aumentando a espessura da pele perdida com a idade. Além disso, fortalece a junção dermoepidérmica e o sistema de defesa, combatendo reações inflamatórias que causam o envelhecimento celular. O resultado é o preenchimento das rugas e linhas de expressão.

Ao mesmo tempo, promove hidratação profunda da pele pelo aumento da atividade das aquaporinas e estimula a renovação celular natural, deixando a pele renovada e saudável. 

Bioativo do Himalaia 

É uma molécula bioativa com mecanismo de ação inovadora que estimula a produção de fatores de crescimento de queratinócitos por células-tronco derivadas do tecido adiposo.

Esse mecanismo tem efeito rápido no preenchimento das rugas verticais e horizontais, pois as células-tronco derivadas do tecido adiposo são a principal via de produção dos fatores de crescimento dos queratinócitos (KGF) que estimulam a divisão celular na camada basal e assim regulam a regeneração das células. 

Como resultado aumenta a espessura da epiderme (número de camadas de células). Como pode ser observado na imagem abaixo.

Efeito preenchedor do Dermo Plus

Visivelmente, se observa a diminuição da profundidade e redução do volume das rugas.

Redução de rugas com o Dermo Plus

Outro resultado visível na pele, é a diminuição das rugas no contorno dos lábios. Como resultado, ocorre a redução da migração do batom para fora do contorno labial, dando às mulheres uma aparência mais confiante.

Redução do código de barras com o Dermo Plus

Hydroxyprolisilane CN®

O ativo é a união da hidroxiprolina de origem biotecnológica com o silanol derivado do silício orgânico. 

O Hydroxyprolisilane CN® age revertendo o envelhecimento da pele por normalizar a renovação celular, aumentar o tempo de reprodução das células e estimular a produção de colágeno de forma organizada e estruturada, o que já não acontece em peles envelhecidas. 

O ativo estimula principalmente a divisão celular dos fibroblastos (células que mantêm a pele com aspecto jovem), diminuindo a senescência dessas células. Dessa forma, aumenta a regeneração da pele, pois quanto maior o número de fibroblastos, maior é a produção de colágeno.

O ativo também melhora a cicatrização, regenerando a pele de forma mais rápida e com menos consumo de energia celular e, com isso, menor produção de radicais livres nesse processo. Além disso, por ser ligado a uma molécula de silanol, forma uma reserva hídrica para ser utilizada pelas células, sendo um excelente hidratante biológico e eficiente para peles envelhecidas. 

MitoClean®

Primeiramente, vamos voltar a uma das características do envelhecimento que é a diminuição da respiração celular, que deixa as células mais fracas e sem energia.

Então, podemos concluir que para reverter o processo de envelhecimento da pele e também prolongar a vida das células, deixando-as por mais tempo saudáveis, é necessário agir em nível mitocondrial.

Neste sentido, é preciso aumentar a geração de ATP das células e a capacidade antioxidante. Assim, aumenta-se a energia para as células desempenharem suas funções e ao mesmo tempo, neutraliza as espécies reativas de oxigênio mitocondrial. 

O MitoClean® é a água de coco desidratada que tem ação exatamente nesses pontos, reduzindo a formação do subproduto do processo de desintoxicação natural que estimula o envelhecimento e aumentando em 66% a desintoxicação mitocondrial das células. Por outro lado, o ativo aumenta em 51% a geração de energia (ATP) para as células da pele, recurso essencial para o processo de desintoxicação e perfeito funcionamento celular.

Ao mesmo tempo, o ativo reforça o sistema de defesa antioxidante natural, proporcionando homeostase celular e proteção do DNA contra danos oxidativos.

Por fim, o MitoClean® é cerca de duas vezes mais potente que a vitamina E contra os radicais mitocondriais gerados durante o processo de desintoxicação.

Associações do Dermo Plus

O sérum pode ser usado tanto em terapias manuais em protocolos que não fazem uso de equipamentos quanto ser associado à eletroterapia e ao microagulhamento, seguindo o protocolo indicado para cada tratamento. 

Dessa forma, o sérum Dermo Plus pode ser usado com:

  • Microagulhamento
  • Peeling ultrassônico
  • Laser de baixa potência
  • Led
  • Jato de plasma ou eletrocautério

Agora que você conhece tudo sobre o Dermo Plus, aposto que está querendo saber onde encontrar, não é mesmo?

Ele pode ser adquirido pelo site ou com um de nossos distribuidores. 😉

Cuidados com a pele no verão: as dúvidas mais frequentes sobre hidratação

Entre os cuidados com a pele no verão estão principalmente se proteger e se hidratar. Já falamos de nove dicas de como preparar a pele para o verão, mas ainda surgem muitas dúvidas sobre hidratação. Por isso, hoje vamos responder a algumas das dúvidas mais frequentes dos nossos clientes.

Essas dúvidas podem ser as mesmas que você tem, então fique atenta!

Como cuidar da pele do rosto no verão?

Essa é uma das dúvidas mais frequentes. É fato que precisamos cuidar da pele em todas as estações do ano, mas no inverno e no verão alguns cuidados especiais são importantes devido à mudança de temperatura. Falamos sobre essas diferenças neste post.

Mas, para resumir, algumas dicas de cuidados com a pele do rosto no verão são:

  • Use maquiagem leve, pois no verão a pele fica mais oleosa do que o normal, e bases pesadas podem piorar esse aspecto.
  • Procure lavar o rosto duas vezes ao dia com produtos específicos para essa região  e para o seu tipo de pele. 
  • Aplique o protetor solar e reaplique conforme a indicação da embalagem. Dê preferência a produtos que protegem dos raios UVA, UVB e da poluição.
  • Procure tomar banhos gelados, ou pelo menos mornos, e logo após aplique um bom creme hidratante e de preferência que tenha ação antioxidante. Essas substâncias ajudam a evitar os danos dos raios solares na pele, como, por exemplo, o envelhecimento.
  • Evite a exposição solar nos horários mais intensos dos raios UV, entre as 10h e as 16h.
  • Beba bastante água diariamente.

Como hidratar a pele no calor?

Muitas vezes, é difícil usar hidratantes no calor, não é mesmo? Isso porque os cremes geralmente ficam melosos, e ninguém gosta dessa sensação. Mas existem opções de hidratação que não deixam a pele grudenta no calor. 

  • O que é bom para hidratar a pele do corpo no verão?

Para hidratar a pele do corpo e evitar o desconforto de sensação pegajosa, a dica é usar cremes com base vegetal, pois esses cremes não são gordurosos e absorvem rapidamente na pele. Assim, você terá a pele profundamente hidratada.

hidratante corporal com manteiga de karité

Saiba mais sobre esse tipo de creme no post: Creme hidratante com manteiga de karité.

  • O que é bom para hidratar a pele do rosto no verão?
hidratação

Já no rosto, a regra é procurar produtos hidratantes para o seu tipo de pele. Por exemplo, você pode usar um hidratante que é também clareador, rejuvenescedor ou até mesmo um hidratante que controle o excesso de oleosidade.

Nesse caso, siga as necessidades da sua pele e não se esqueça de aplicar diariamente o produto. 

Posso usar o mesmo hidratante do corpo no rosto?

Não é o mais recomendado, pois cada região do nosso corpo tem características distintas, e os produtos são desenvolvidos levando em consideração essas diferenças. Por exemplo, o pH é diferente, a espessura da pele do corpo e do rosto é distinta, as necessidades de hidratação são diferentes e a umidade da pele também. 

Por isso, você pode até pensar que está economizando ao aplicar um produto do corpo no rosto, porém com o tempo a sua pele vai reclamar, e poderão aparecer outros problemas, tais como excesso de oleosidade, acnes e até manchas. 

Como refrescar a pele no verão?

Nada melhor do que estar em uma temperatura elevada e receber uma brisa refrescante. Consigo até me imaginar na beira da praia e sentir as gotículas tocando a pele! Você consegue imaginar isso também?

Deixando a imaginação de lado e partindo para a prática, isso é bem possível e prático de se fazer. Basta ter consigo uma água dermatológica ou uma água termal e aplicar durante o dia, seja na praia, na beira da piscina, no parque ou depois de uma atividade física. Além de provocar a sensação de refrescância, esses produtos repõem os nutrientes na nossa pele. 

Hidratação e refrescância para a pele no verão

Uma dica maravilhosa é a Água Dermo Revigorante. Ela pode ser inclusive no pós-sol, acalmando a pele após 15 minutos. Mas lembre-se de usar o protetor solar para evitar queimaduras solares 😉

A dica mais valiosa deste produto no verão é que você pode deixá-lo na geladeira ou na bolsa térmica. Assim, você terá uma sensação maravilhosa de refrescância ao aplicar no rosto, no corpo e até no cabelo.

Para finalizar, se você tem alguma dúvida que não apareceu aqui, deixe a sua pergunta que logo vamos responder 😉

Cuidar mais de si e dos outros foi a grande lição de 2020

Em 2020, ano tão incomum, a frase “cuidar mais de si e dos outros” foi uma das grandes lições aprendidas.

coronavirus

Voltando um ano atrás, quem imaginaria que o mundo inteiro fosse passar por períodos de quarentena, isolamento, trabalho remoto, quedas gigantes na economia e escassez de produtos? 

Muitas coisas desagradáveis aconteceram neste ano, e os maiores desafios foram o isolamento e o distanciamento das pessoas que amamos e a quem queremos bem. Tivemos ainda que aprender a sair de casa em segurança para preservar a saúde de todos.

Por outro lado, aprendemos a olhar mais para nós mesmos, a cuidar da nossa saúde e das pessoas à nossa volta. Aprendemos principalmente que o maior gesto de amor que se pode ter é cuidar mais de si, para depois poder cuidar dos outros.

Autocuidado

Uma das palavras em alta no ano de 2020 foi “autocuidado”. E não só em relação à pandemia ou ao modo como evitar a contaminação pelo coronavírus.

autocuidado

Mas principalmente autocuidado pela procura do relaxamento e do bem-estar para passar o tempo do isolamento da melhor forma possível. 

Neste ano, voltamos a fazer coisas manuais, aprendemos a estudar a distância, a ver shows no sofá da sala, a passar mais tempo com os filhos e familiares próximos. 

Igualmente, aprendemos a olhar mais para nós mesmos, criar rotinas de autocuidado,  fazer exercícios em casa e cuidar do corpo e da mente. 

Mas se você não conseguiu se cuidar como gostaria, nós separamos algumas formas de autocuidado para que você comece hoje mesmo a praticar.

8 formas de praticar o autocuidado

Autocuidado significa olhar para si e buscar maneiras de melhorar a saúde física e mental.

8 dicas de autocuidado

Por isso, separamos algumas dicas que você pode seguir no seu dia a dia para estar bem consigo.

1 – Alimente-se bem

Essa talvez seja a dica mais importante, pois uma alimentação balanceada deixa o nosso corpo mais forte, mais resistente e mais preparado para enfrentar os probleminhas que surgem no dia a dia.

2 – Faça uma atividade física regularmente

O exercício físico não só mantém o corpo em forma, mas ajuda a equilibrar as emoções, diminuindo a ansiedade.

3 – Reserve um momento só para você

Crie o hábito de reservar um tempinho do seu dia para cuidar de você. Pode ser um banho bem relaxante, tirar uns minutos para cuidar da pele, passar um creme, fazer uma automassagem, enfim fazer o que realmente proporciona prazer a você.

4 – Faça uma lista dos seus objetivos

Listar o que você deseja ter ou fazer ajuda a criar foco e estar mais conectado com o que realmente importa para você. De vez em quando, reveja essa lista e crie metas para atingir seus objetivos. 

5 – Encontre um hobby

Fazer algo que realmente proporcione prazer é muito importante para aliviar o estresse do dia a dia. Alivia a tensão e resulta numa ótima sensação de bem-estar.

6 – Fale com alguém

converse com alguém

Quando você perceber que algo está incomodando, não guarde isso. Converse com alguém, pois muitas vezes o problema é bem menor do que criamos na nossa cabeça. 

7 – Ajude alguém

Auxiliar alguém que está passando por alguma dificuldade beneficia não só a outra pessoa como também você. Esse gesto gera um sentimento muito bom que alivia o estresse e traz uma sensação gostosa de bem-estar.

8 – Tome água

Água purifica! Ela ajuda a eliminar do nosso corpo resíduos que fazem mal à saúde, e também melhora a circulação e a aparência da pele.

O ano de 2020 está no fim, e ele nos deixou várias lições e motivos para repensar nossos hábitos e crenças. Conte para a gente nos comentários como foi 2020 para você e qual lição este ano deixou?

Radicais livres: o que são, como se formam e como se defender deles

Os radicais livres são produzidos naturalmente pelo nosso organismo como resultado de reações metabólicas essenciais para a vida. Por isso, podemos dizer que não conseguimos viver sem eles!

Portanto, a produção de radicais livres é um processo natural, mas que em excesso começa a trazer danos às células e à saúde. Neste conteúdo, você vai entender o que são os radicais livres, por que se fala tanto neles e por que é tão importante se proteger dos efeitos negativos que produzem.

O que são radicais livres

Os radicais livres são moléculas que possuem um número ímpar de elétrons, o que os torna instáveis.

Por ter elétrons em número ímpar, essas moléculas acabam sempre tendo que doar ou roubar elétrons de outras moléculas.

Vamos entender por meio de ilustrações como os radicais livres atacam as células do corpo. 

radical livre

Essa molécula em vermelho ao lado é um radical livre. Perceba que no último círculo (de fora para dentro), ele possui 7 elétrons e que um está faltando.

Então ele começa a sua jornada para encontrar “alguém” que possa doar esse outro elétron faltante. Se esse radical livre não encontrar o seu par perfeito para dividir a energia com ele, vai roubar de alguma molécula ou célula à sua volta. 

radical livre e antioxidante

O nosso corpo sempre busca o equilíbrio, e por isso, assim como a geração dos radicais livres, existem os antioxidantes, que doam um elétron ao radical livre, e os dois ficam superfelizes.

Porém, quando ocorre um desequilíbrio entre a produção de radical livre e o número de antioxidante disponível, é que começa a surgir os problemas.

O radical livre se une às células sadias que estão ao seu redor e rouba a energia dessas células, principalmente do DNA celular, resultando no envelhecimento e até na morte dessa célula. Esse processo é chamado de estresse oxidativo. 

ataque dos radicais livres as células
Radical livre atacando as células saudáveis do corpo

O estresse oxidativo leva ao envelhecimento precoce e também faz com que as células não desempenhem mais as suas funções adequadamente. Como resultado, pode ocorrer diversas doenças, como, por exemplo, o câncer.

Como são produzidos

Existem dois tipos de radicais livres:

1- Os endógenos: produzidos pelo nosso organismo naturalmente

2- Os exógenos, produzidos por estímulos externos 

Os radicais livres endógenos se formam naturalmente pelo organismo e são derivados de reações metabólicas. Alguns exemplos dessas reações são a geração de energia, reprodução, respiração, defesa contra infecções e muitas outras reações essenciais para nos mantermos vivos. Eles estão presentes nas células de todo o corpo. 

Já os exógenos são produzidos devido a estímulos externos, tais como o excesso de exposição ao sol, alimentos industrializados e gordurosos, fumo, consumo de álcool e poluição. O excesso de atividade física também aumenta a produção de radical livre, pois o corpo precisa consumir mais oxigênio e, como vimos na respiração, geramos radicais livres. 

Portanto, tudo é uma questão de equilíbrio. Sempre teremos a formação de radical livre em nosso organismo. Mas, precisamos do equilíbrio entre a formação deles e a disponibilidade de antioxidantes para neutralizar a ação destruidora dessas moléculas nas células do corpo. 

Como se defender dos radicais livres

A forma mais adequada é evitar a sua formação em excesso, e para isso, algumas dicas são valiosas:

  • Tenha uma alimentação saudável e rica em vitaminas
  • Evite fumar e consumir álcool
  • Evite lugares com poluição do ar ou use cosméticos que protejam a pele da poluição
  • Não se exponha ao sol em excesso 

Quanto à alimentação, procure ingerir alimentos ricos em vitaminas A, C e E, carotenoides, cobre, zinco, magnésio, selênio e compostos com o resveratrol e catequinas.

Por outro lado, podemos equilibrar os danos dos radicais livres na pele reforçando o potencial antioxidante por meio de cosméticos que possuem ação antioxidante. Assim, mais dessas moléculas estarão disponíveis, e as células sadias não serão alvo dos radicais livres. 

Quando usamos cosméticos com ação antioxidante, significa que estamos aumentando o número de moléculas antioxidantes diretamente na pele. Essas substâncias em pequenas concentrações são capazes de neutralizar as moléculas de radicais livres antes que causem danos às células da pele e provoquem o envelhecimento precoce. 

Creme hidratante com manteiga de karité

Os cremes hidratantes não são todos iguais. Além da fragrância, cremes que possuem em sua composição manteigas e óleos vegetais são diferenciados, hidratando de fato a pele. Mostramos como um creme de base vegetal hidrata de verdade no post desse link.

Para você saber como escolher o melhor hidratante corporal, é importante lembrar que a pele do corpo é a região que mais está exposta às variações climáticas e ao sol, principalmente braços e pernas. 

Diferentemente da pele do rosto, costas e tronco, as pernas e os braços têm menos glândulas sebáceas (células que produzem a oleosidade da pele). Dessa forma, ficam mais desidratadas e ressecadas. 

Além disso, com o passar dos anos, o processo de renovação da pele vai ficando mais lento e a espessura torna-se mais fina. Também a exposição ao sol e as mudanças climáticas fazem a pele perder um pouco de sua função de proteção. O que resulta em uma perda de água significativa que a deixa mais ressecada. 

Esse processo de ressecamento é percebido quando a pele está mais opaca, esbranquiçada e até começando a descamar. Tais aspectos são bem comuns no verão e na troca de estações, quando acontecem mudanças bruscas de temperatura e umidade. 

Portanto, a hidratação constante da pele é a forma mais fácil de evitar esse desconforto.

Como escolher o melhor creme hidratante?

O creme hidratante que melhor vai hidratar a sua pele é aquele que possui em sua composição óleos e manteigas vegetais. Esses produtos têm componentes semelhantes aos de nossa pele. Por isso, auxiliam na manutenção da barreira cutânea, dificultando a desidratação e mantendo a pele sempre saudável e macia. 

Dois cremes hidratantes corporais com essas características são:

Ambos possuem textura leve e absorvem rapidamente, sem deixar a pele pegajosa, ao mesmo tempo que formam um filme que protege contra o ressecamento.

Com ingredientes ativos ricos em vitamina E e ômegas 3, 6 e 9, esses dois hidratantes preservam e reparam os danos da pele causados por agentes externos como o sol e as mudanças climáticas.

E para melhorar ainda mais a sua eficácia, esses cremes possuem ação antioxidante, evitando o envelhecimento precoce da pele do corpo.

Veja abaixo como os novos hidratantes agem dentro da pele:

ação dos hidratante vegetal na pele
Ação dos Hidratantes Maçã e Pêssego e Flores Brancas na pele

Por outro lado, o creme hidratante que possui óleo mineral na formulação promove uma falsa hidratação. Isso acontece porque o óleo mineral não é compatível com a pele e por isso fica na superfície, formando uma espécie de filme oclusivo que impede que a água saia da pele, e assim não repõe os nutrientes e a hidratação de forma mais profunda.

Veja o resultado dos testes de hidratação imediata apresentados pela nossa técnica Elizete Garcia nesse vídeo:

Quando o creme hidratante deve ser usado?

A hidratação da pele é um cuidado básico que deve começar já na adolescência, pois preserva a qualidade da pele e evita o envelhecimento precoce.

Hidratações extras ou de forma mais constante no verão e nas mudanças de estação também são recomendadas, já que nesses períodos a pele tem mais tendência ao ressecamento.

Para incluir o hidratante corporal na sua rotina, acostume-se a usá-lo após o banho. Além de ser um hábito que preserva a sua pele, também proporciona um momento único de prazer e autocuidado.

Ingredientes ativos

Primeiramente vamos esclarecer o que são ingredientes ativos. Nada mais são do que os componentes que beneficiam e tratam efetivamente  a pele.

Por exemplo, para um creme firmante ter resultado, é necessário que possua ingredientes com ação firmante. Da mesma forma, para um creme hidratar a pele, precisa de ingredientes que nutram e que preservem a umidade da pele.

Os ingredientes que compõem os hidratantes de Maçã e Pêssego e de Flores Brancas são uma mistura bem estruturada de manteiga e óleos vegetais e de aloe vera.

Por último, mas não menos importante, vamos conferir cada um dos ativos e os benefícios que proporcionam à pele.

Manteiga de Karité

Extremamente hidratante, a manteiga de karité possui ômegas 3 e 9, que têm função anti-inflamatória e antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce, além de vitamina E e lupeol, substâncias que mantêm a pele saudável e protegem das agressões externas como o sol.

Óleo de girassol

Rico em ômegas 3, 6 e 9, o óleo de girassol tem ação emoliente e regeneradora, auxiliando na recuperação de peles desidratadas. 

Óleo de canola

O óleo de canola é 100% vegetal e biodegradável. Devolve a hidratação a peles sensíveis e maduras, deixando-as macias e saudáveis. 

Óleo de Purcelin 

O ingrediente ativo age de duas maneiras: forma um escudo que impede o ressecamento e a desidratação da pele e, ao mesmo tempo, reconstrói a barreira de proteção, evitando que novos danos venham a acontecer. Esse óleo  proporciona à pele um toque sedoso, seco e aveludado.

Aloe Vera

Altamente hidratante, o extrato de aloe vera auxilia na regeneração da barreira da pele e evita a desidratação. Além disso, possui propriedades calmantes, promovendo maior conforto em peles ressecadas.

Onde encontrar

O Creme Hidrante Corporal de Maçã e Pêssego e o de Flores Brancas estão disponíveis no site oficial da Extratos da Terra. Mas você também encontra esses dois produtos e toda a linha Extratos da Terra com um de nossos distribuidores ou revendedores.

Para finalizar, esses dois cremes também são livres de parabenos e corantes, além de serem veganos e livres de testes em animais. 

Escolha uma das essências que mais agrada você e sinta na pele a hidratação imediata e prolongada que esses cremes proporcionam.

Experimente e depois conte para a gente o que você achou 😉